Nos pênaltis, Coxa perde para o Toledo

No final da tarde deste domingo (24), o Coritiba enfrentou o Toledo na final da Taça Barcímio Sicupira, do Campeonato Paranaense. A partida acabou empatada em 1 a 1, levando a decisão para os pênaltis. Depois de seis cobranças, o Coxa acabou perdendo para o time visitante.

O Coritiba foi a campo com Wilson, Felipe Mattioni, Alan Costa, Sabino, Fabiano, João Vitor, Vitor Carvalho, Juan Alano, Giovanni, Rodrigão e Iago Dias. Já no primeiro minuto de bola rolando, o Coxa teve a primeira oportunidade com Giovanni cobrando falta e Vitor Carvalho tentando o cabeceio. No entanto, o goleiro do Toledo fez a defesa. Como nesse primeiro lance, o Coritiba foi tentando criar chances e oportunidades.

Tentando impor o ritmo do jogo, com jogadas de velocidade, e buscando os cruzamentos na área, o Coxa até criava algumas oportunidades, mas o goleiro do Toledo defendia as possibilidades ou a bola insistia em ir para fora. No entanto, o Toledo conseguiu chegar ao gol aos 43’, com Revson. A bola ainda desviou no Rodrigão e enganou o goleiro Wilson.

Mas aí, no começo da segunda etapa, o Coxa empatou. Felipe Mattioni cruzou na medida e Rodrigão marcou para o Coritiba, levantando novamente a torcida presente no Couto Pereira. O Verdão ia pressionando, buscando a virada e continuou a impor o ritmo de jogo.

Aos 22’, uma boa oportunidade. A zaga do Toledo bobeou, Giovanni aproveitou a sobra de fora da área, o goleiro rebateu e Rodrigão entrou na área e bateu forte, mas a bola foi por cima do gol. Então, o treinador interino Matheus Costa promoveu a primeira alteração na equipe coxa-branca, com a entrada de Sávio, no lugar de Felipe Mattioni. Pouco depois, Giovanni foi substituído por Nathan, e Vitor Carvalho por Igor Jesus.

No fim do segundo tempo, o Coxa pressionou até os acréscimos finais, mas a partida acabou com o placar igual no Couto Pereira, levando a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças, Wilson, que completou seu jogo 200 com a camisa coxa-branca, começou batendo, mas acabou mandando por cima do gol. Mas aí, ele defendeu a primeira cobrança do Toledo, com Revson. Iago Dias sentiu na hora da cobrança e acabou mandando na trave. A cobrança de Léo Teles foi para fora e tudo ficou no zero a zero. Então, Juan Alano cobrou e o goleiro André Luiz defendeu. Júlio Pacato bateu e marcou. Aí foi a vez de Rodrigão bater pelo Coxa e balançar as redes. Marcelinho cobrou para o Toledo e marcou. Sabino foi para a bola e fez o dele. Wilson defendeu a cobrança Guilherme Rend e André Luiz defendeu a cobrança de Igor Jesus. Eduardinho mandou para as redes e fechou o resultado, dando o título do primeiro turno do Paranaense para o Toledo.