O prefeito Rafael Greca vistoriou nesta quinta-feira (10/6) a obra de readequação urbana feita pela Prefeitura de Curitiba em frente ao Santuário do Sagrado Coração de Jesus, na Rua Bento Viana esquina com a Avenida Água Verde. Localizada entre a Escola Municipal São Luiz e o Lar dos Meninos de São Luiz e acesso ao Cemitério Água Verde, a área recebeu melhorias de acessibilidade e paisagismo.

O projeto desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) foi executado pelo Distrito de Manutenção Urbana (DMU) da Administração Regional Portão. Foram implantados 450 metros de calçada em paver (blocos de concreto pré-moldados), três rampas para acessibilidade e quatro jardinetes.

A intervenção foi realizada em tempo recorde, cerca de 30 dias, para que pudesse ficar pronta antes desta sexta-feira (11/6), quando se comemora o Dia do Sagrado Coração de Jesus. Saiba mais aqui.

Escultura em cedro

Greca esteve no local acompanhado do administrador da Regional Portão, Gerson Gunha, e do padre da igreja, Maurício Gomes dos Anjos. Ele aproveitou para ver detalhes finais da instalação de uma imagem de Jesus Cristo, de quase quatro metros de altura, esculpida em cedro pelo artista Gotfredo Thaler, da cidade de Treze Tílias, em Santa Catarina.

A estátua foi doada ao santuário por Octávio Aladio Vaz, advogado e pai do ex-padre da paróquia, Octávio Vaz Filho. Passou pelos cuidados do restaurador curitibano Ricardo Moreira e foi colocada na entrada principal da igreja.

“A minha visita ao santuário, na véspera desses dias festivos da Igreja do Água Verde, também tem o sentido de retribuição ao coração de Jesus pela graça alcançada de sermos uma cidade resistente, resiliente, coroada de espinhos, por certeza, mas onde jamais se apagou a luz da fé”, disse o prefeito.

“Peço a Deus que no coração de Curitiba brilhe sempre a luz da fé e o santo nome de Jesus”, completou Greca.

O padre Maurício ressaltou a importância das obras realizadas pela Prefeitura.

“Foi uma intervenção valiosa que deixou mais seguro e confortável o caminho dos nossos fiéis, das pessoas que por aqui transitam para ter acesso ao Lar do Meninos, para a escola ou até o tradicional cemitério da cidade”, disse o pároco.

O Lar dos Meninos de São Luiz é uma instituição social que atende com contraturno escolar cerca de 230 crianças.

Obra reivindicada

Melhorar o acesso que leva aos equipamentos, disse o administrador Gerson Gunha, era uma reivindicação constante da comunidade.

“Este é também um espaço onde os moradores se reúnem para participar das audiências públicas promovidas pela Prefeitura. Solicitações para readequar a área por onde circulam muitos idosos era um pedido constante da população e a gestão teve a sensibilidade de ouvir e atender”, destacou Gunha.