15.4 C
Curitiba
sexta-feira, 24 maio 2024

Painel Figuras e Pássaro se integra à paisagem urbana do Centro de Curitiba

Curitiba ganhou mais uma obra de arte em sua paisagem urbana com a inauguração do painel Figuras e Pássaro, nesta quinta-feira (11/4). A obra, uma reprodução em azulejo da pintura original do artista Alberto Massuda, datada de 1988, agora ornamenta a parede externa da Casa da Memória, voltada para a Travessa Nestor de Castro, que em breve se tornará a Rua da Memória – projeto de preservação concebido pela Prefeitura para o local.

Com 11 metros de altura por 8,26 metros de comprimento, o painel não só impressiona pelo tamanho, mas também pela sua temática. Baseado nas Três Graças, deusas da beleza na mitologia grega, representadas nuas, em pé e abraçadas, o trabalho de Massuda traz colorido e beleza e uma interpretação contemporânea. O novo painel fica quase em frente ao mural de Poty Lazzarotto, do outro lado da rua.

“Aqui, rodeado pelos pinhões e araucárias de Poty, do Palácio Garmatter, que será restaurado, da nossa Casa da Memória e dos preciosos Largo da Ordem e Mesa Solidária, essa magnifica obra traz toda a memória mágica do Egito Antigo, que era o berço do artista”, destacou o prefeito Rafael Greca, na inauguração.

Em um gesto de generosidade e reconhecimento, a obra foi doada à cidade pela família do artista em comemoração aos 331 anos de Curitiba. Nascido no Cairo, Alberto Massuda trouxe consigo uma bagagem cultural rica e diversificada, graduando-se em Belas Artes e Pedagogia Artística antes de estabelecer-se em Curitiba em 1958. Sua obra transcende tempo e espaço, combinando lirismo e crítica social de forma magistral.

A cerimônia de inauguração teve a presença de familiares de várias gerações do artistas, como os filhos Cadri, Stefânia e Rubens Massuda, e os netos Raffael, Adriano, Luciano e Gustavo Massuda. “Prefeito, o senhor fez um grande trabalho para a cidade e para o artista. Estamos muito felizes”, destacou Cadri, um dos filhos de Alberto Massuda.

Os azulejos foram executados pelo ceramista Adoaldo Lenzi, reconhecido por suas obras importantes que incluem os painéis de Poty no Centro da cidade e o da fachada do prédio da Prefeitura, no Centro Cívico.

O artista

Ao longo da carreira, Massuda deixou um legado significativo não apenas como artista plástico, mas também como professor universitário e membro do renomado Grupo Um, ao lado de outros talentosos artistas como Álvaro Borges, Érico da Silva, René Bittencourt e Waldemar Rosa. Seu falecimento em 2000 deixou um vazio na cena artística curitibana.

Presenças

Participaram da inauguração a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, a presidente da Fundação de Ação Social, Maria Alice Erthal, o presidente de Instituto Curitiba de Saúde, Tiago Waterkemper, a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, o presidente do Imap, Alexandre Matschinske, e o vereador Oscalino do Povo.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS