25.1 C
Curitiba
domingo, 21 abril 2024

Paraná Clube e Londrina empatam no Café

O Paraná Clube somou mais um ponto fora de casa, no Campeonato Brasileiro. Num jogo “desastrado” e cheio de oportunidades, o Tricolor ficou no 1×1 com o Londrina, no estádio do Café. Teve de tudo na partida, falta de energia, lesões logo no início, pênalti polêmico e muitas chances desperdiçadas pelas duas equipes. “Saímos lamentando, porque as principais chances foram nossas. Tivemos oportunidades reais para vencer. Mas, na matemática da competição, não podemos desprezar esse ponto”, comentou o técnico Claudinei Oliveira.
A partida já iniciou atrasada. Quando os dois times se preparavam para entrar em campo, os refletores de duas torres de iluminação apagaram. Foram cinco minutos de atraso. Para piorar, depois de cinco minutos, nova queda de energia. Só que para o Paraná, nesse período, perdeu dois jogadores. Rafael Carioca sofreu uma torção de tornozelo e Marcos sentiu uma fisgada no adutor da coxa direita. Quando o jogo recomeçou, após catorze minutos, Claudinei se viu obrigado a fazer duas mudanças, com as entradas de Wendell Péricles na meta e Fernandes na lateral.
Mesmo com tantos problemas – o time já não tinha Jean e Nadson, lesionados, e Válber, suspenso – o Paraná saiu na frente. Após uma trombada entre Sílvio e Raí Ramos, Robson ficou com a sobra, driblou o goleiro e mandou pra rede: 1×0. O placar quase foi ampliado aos 47 minutos, quando Murilo Rangel mandou um “balaço” no travessão. Só que veio o segundo tempo e o Londrina voltou mais ofensivo. Aos 8 minutos, o árbitro marcou pênalti de Wendell sobre o oatacante londrinense. Keirrison foi para a cobrança, mas Wendell defendeu.
Aos 17, o Tubarão empatou. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Keirrison, que não vacilou. O jogo ficou aberto e os dois times procuraram a vitória. Mas, as melhores chances foram do Tricolor. Aos 47 minutos, Diego Tavares ficou cara a cara com o goleiro, mas Marcelo Rangel fez a defesa. E ele faria nova defesa, no último minuto, nos pés de Robson. No final, o 1×1 manteve o Paraná no bloco intermediário. O clube, agora, segue para Goiânia, onde encara, na sexta-feira, o Vila Nova.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS