O Paraná Clube fez a lição de casa. Num jogo truncado e de pouco brilho técnico, valeu a persistência da equipe, que fez 1×0 sobre o Operário-PR, na Vila Capanema, e fechou a esta etapa do Campeonato Brasileiro da Série B a apenas 2 pontos do G4. Finalizada a 8ª rodada, o Tricolor ocupa a 7ª colocação e, com 13 pontos, terá tranquilidade neste período de recesso para a disputa da Copa América.

“Não fizemos um bom jogo pelo aspecto técnico. Mas, valeu pela entrega da equipe e vencemos mais um jogo. Seguimos sem sofrer gols dentro de casa”, analisou o técnico Matheus Costa, reafirmando o equilíbrio defensivo do time. O gol da festa paranista foi mais uma vez marcado pelo artilheiro Jenison. “O modo Jenigol está novamente ativado. Espero dar muita alegria para essa torcida”, cravou o centroavante.

No embalo da vitória no clássico, o Paraná iniciou o jogo pressionando. Logo a 1 minutos, Luiz Otávio mandou a bola rente ao travessão. Só que o Operário conseguiu anular o toque de bola do Tricolor. Num jogo de maior contato físico, foi deixando o tempo passar sem levar grandes sustos. Aos 24 minutos, após escanteio, Bruno Rodrigues encheu o pé, para a defesa de Simão.

Para tentar mudar esse panorama, logo no início do 2º tempo, Matheus Costa trocou Matheus Anjos por Ramon. Mesmo com várias jogadas de linha de fundo, o Paraná não conseguia levar perigo à meta do Operário. Aos 29 minutos, Luiz Otávio bateu de canhota e Simão, após escorregar, ainda conseguiu desviar pela linha de fundo. Logo depois, Jhonny Lucas enfim estreou neste Campeonato Brasileiro.

O gol tricolor saiu aos 36 minutos. E num lance de bola parada. Bruno Rodrigues bateu rápido um escanteio, Sciola desviou e Jenison, com faro de gol, mandou – de cabeça – para a rede: 1×0. O Paraná se fechou a partir do gol, mas ainda levou um susto. Aos 48, Uilliam acertou a trave de Thiago Rodrigues. E foi só. Após a Copa América, dentro de um mês, a Série B será reiniciada e o Tricolor terá pela frente, mais uma vez na Vila Capanema, o líder Bragantino-SP.