O Programa Universidade para Todos (Prouni) já recebeu 800.362 inscrições de 421.519 candidatos. Quem tenta uma bolsa de graduação em faculdades particulares pelo programa pode optar por até dois cursos.

O cadastro começou nessa quinta-feira (31). Nesta edição, serão ofertadas 116,8 mil bolsas integrais e 127 mil parciais, em 1.239 instituições. O número de vagas é recorde: o maior desde a criação do Prouni, em 2005.

Requisitos

Os interessados têm até 23h59 do dia 3 de fevereiro para se cadastrar na página do Prouni e concorrer às bolsas. Para participar, é preciso ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado e ter atingido 450 pontos nas provas, sem zerar a redação.

Além disso, as bolsas se destinam a quem ainda não possui título universitário e cursou o ensino médio em colégios públicos ou como bolsista em escolas particulares. Também podem se inscrever professores da rede pública e pessoas com deficiência.

Ainda é preciso comprovar renda – 1,5 salário mínimo familiar per capita para as bolsas integrais e três salários mínimos por pessoa da família para as bolsas parciais.

[themoneytizer id=”21651-1″]

 

Retrospecto

Em 13 anos de programa, mais de 2,4 milhões de estudantes ingressaram no ensino superior por meio do Prouni em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.