Foram dois tempos distintos no Morumbi. O Furacão dominou os primeiros 45 mintuos de jogo. Por detalhe, Cittadini não abriu o marcador. Foram do camisa 18 as duas melhores chances. Na primeira, ele penetrou bem na defesa após escorada do Bissoli, recebeu uma carga por trás e não conseguiu finalizar como gostaria. O goleiro defendeu e a arbitragem não enxergou nenhuma irregularidade na jogada.

Depois, ele viu o espaço na entrada da área, se posicionou e recebeu bom passe. Dali mesmo, mandou a bomba, que Volpi colocou para escanteio.

Mas a segunda etapa mudou completamente o panorama da partida. O time da casa passou a ocupar mais o campo de ataque e chegar perto do gol athleticano. Em uma jogada de escanteio, na metade da etapa final, a bola sobrou na segunda trave para Luciano marcar o único gol da partida.

Apesar das mudanças na equipe, o time não conseguiu encontrar o caminho do gol adversário.