Uma internet mais rápida e com menor latência. Assim costuma ser explicado o 5G, mas a tecnologia trará muitos outros benefícios para a população e as empresas.

Conexões muito mais rápidas: a quinta geração das redes móveis poderá ter downloads de até 20 Gb/s (gigabits por segundo). A velocidade vai ser tão impressionante ao ponto da pessoa baixar um filme em uma plataforma de streaming em dois ou três segundos.

Baixa latência: garantirá comunicação em tempo real: a rede 5G também possibilitará comunicações sem atraso. Um neurocirurgião que está em Curitiba, por exemplo, poderá realizar uma operação em tempo real em um paciente nos EUA.

Tudo estará conectado: a tecnologia viabilizará a implementação da Internet das Coisas (IoT), que permite a conexão de dispositivos à internet em todo o mundo. Assim, do trabalho será possível acionar a cafeteira em casa.

Cidades inteligentes: combinada a tecnologias, como big data, inteligência artificial e IoT, a nova geração de internet também tornará viável mais serviços de cidades inteligentes, como semáforos inteligentes, que poderão controlar melhor o fluxo de carros e pedestres e reduzir os congestionamentos nas grandes cidades.

Indústria 4.0: a maior conectividade e o menor tempo de resposta com o 5G vão permitir o uso de máquinas inteligentes e a comunicação em tempo real entre diferentes equipamentos, através do IoT. A tecnologia vai revolucionar a indústria em todos os campos (manufatura automatizada, agricultura de precisão e transportes), inclusive permitindo uma cadeia totalmente inteligente e integrada, com maior eficiência, agilidade e, consequentemente, menores custos.