19.4 C
Curitiba
sexta-feira, 17 maio 2024

Sem pontos na Grande São Paulo

O Athletico Paranaense fez um jogo equilibrado com o Palmeiras na Grande São Paulo. Mas um gol do adversário, logo no início da partida, decretou o placar de 1 a 0 em favor do time paulista no encontro na noite deste sábado (4), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 5 minutos da etapa inicial, Endrick marcou o tento do jogo na Arena Barueri, em Barueri (SP).

A reta final do Brasileirão reserva agora ao Furacão seis jogos. Seis jogos decisivos na busca pela vaga na CONMEBOL Libertadores de 2024. Fortaleza, Vasco da Gama e Santos na Ligga Arena. Bahia, Cruzeiro e Cuiabá fora de casa.

A primeiro dessas decisões é já na quarta-feira (8), às 20h, contra o Fortaleza, na Ligga Arena.

O Jogo

O Palmeiras começou melhor a partida. Com cinco minutos de jogo, criou duas oportunidades. Na segunda delas, fez o gol.

Veiga recebeu a bola na meia-direita. Tocou para Endrick. O jovem palmeirense avançou em velocidade e, com muita habilidade, tocou na saída do goleiro Bento, aos 5 minutos.

O Rubro-Negro equilibrou o jogo. Passou a conter as investidas do adversário. E com a bola, conseguiu envolver a defesa paulista, criar oportunidades. Mas não converteu o bom momento em gol.

Depois de bela troca de passes com Fernandinho e Agustín Canobbio, Vitor Bueno recebeu e chutou. Seria certeiro, caso a zaga adversária não desviasse providencialmente. Depois foi Fernandinho que, na frente do goleiro do time paulista, finalizou fora do alvo após trocar passes com Zapelli e Bueno.

Já nos minutos finais do primeiro tempo, Bento provou porque segue sendo um dos principais goleiros do Brasil. Fez a defesa mais difícil do jogo após conter o cabeceio de Mayke, que escorou cruzamento de Zé Rafael.

Aos 20 minutos, o atacante Pablo precisou deixar a partida. O jogador athleticano foi substituído após sentir fortes dores no músculo posterior da coxa.

Segundo tempo

Athleticanos e palmeirenses seguiram fazendo um jogo equilibrado no segundo tempo. De muita marcação, é verdade. De disputas fortes pela posse da bola. O que também dificultou o setor de criação das duas equipes a desempenharem o seu melhor. 

Quando com a bola, o Furacão buscava pelo espaço para a infiltração. Incansável, Canobbio era sempre uma grande opção.

O Rubro-Negro teve outra baixa na partida, quando Kaique Rocha precisou deixar o jogo aos 11 minutos da etapa final, também por conta de um desconforto na coxa. Por outro lado, teve o retorno do meio-campo Christian. Recuperado de lesão, ele não atuava desde julho. Hoje, entrou no segundo tempo.

As principais definições rubro-negras a gol foram com chutes de fora da área, com Vitor Bueno e Alex Santana. Ambas levaram perigo para o palmeirense Weverton – uma foi rente à trave, e a outra fez o arqueiro da casa a dar o rebote. Mas segurou logo em seguida.

O empate também poderia ter vindo com Rômulo, que cabeceou com muito perigo. A bola saiu bem próximo ao travessão do Palmeiras. Que também teve chance de marcar, quando Bento cresceu para cima de Breno Lopes na pequena área e obrigou o palestrino a finalizar para fora.

Classificação 

Com o revés desta noite diante do Palmeiras, o Athletico Paranaense segue com 49 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro, na sétima colocação.

Botafogo (59 pontos), Palmeiras (59), Grêmio (56), Red Bull Bragantino (55), Atlético Mineiro (53) e Flamengo (50) são as equipes que compõem a atual zona de classificação à CONMEBOL Libertadores de 2024.

Preparação para a partida contra o Fortaleza 

Depois do encontro deste sábado (4), na Arena Barueri, a delegação do Athletico Paranaense passa a noite na Grande São Paulo. O retorno a Curitiba é na manhã de domingo (5).

Na manhã de segunda-feira (6), o Rubro-Negro retoma a programação de treinos no CAT Caju. A partir daí, a preparação é para a partida contra o Fortaleza, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo começa às 20h de quarta-feira (20), na Ligga Arena.

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS