O principal suspeito da morte da sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, Lucas Leite Porto foi preso em flagrante e levado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas na tarde desta segunda-feira (14).

Lucas é cunhado da vítima e herdeiro do grupo Planta Engenharia. Ele foi filmado pelas câmeras de segurança do prédio onde Mariana Costa morava, correndo pelas escadas de emergência em um horário próximo da morte da jovem.

O suspeito apresentava arranhões no rosto e no peito, compatíveis com sinais de luta corporal de acordo com a perícia. O corpo de Mariana foi encontrado na cama pelas filhas. De acordo com Lúcio Rogério Reis, delegado Departamento de Homicídios de São Luís que trabalha no caso, elas haviam descido para a piscina no momento em que Lucas Porto voltou ao apartamento pela segunda vez. Por volta das 22 horas, ele foi autuado em flagrante e prestou depoimento.