Um golaço! Essa será a primeira lembrança do torcedor do Athletico no Caldeirão em 2020. A pintura de Christian valeu a vitória sobre o PSTC. E valeu o ingresso, a gasolina, o estacionamento, a passagem do busão, a mensalidade de Sócio… Valeu!

Quem estava na Baixada nesta quarta-feira (22) não viu um jogo bonito, não viu uma atuação memorável do Furacão, mas viu o drible e a bomba de Christian.

Valeu a luta da piazada, valeu o esforço para furar a retranca do adversário. Desde o começo do jogo, o PSTC só pensou em se defender. E logo de cara, apelou para a cera, para a valorização de cada falta, de cada segundo ganho sem futebol.

Não foi “só” o golaço. Dos pés de Christian saíram as melhores jogadas do Athletico. Uma caneta no marcador no primeiro tempo. Uma linda jogada que só não terminou com o primeiro gol porque Pedrinho não pegou bem na hora de mandar pra rede.

Não poderia parar por aí. E aos 28′ do segundo tempo aconteceu. Christian recebeu a bola de Jáderson, avançou, deixou o marcador na saudade, puxou para o meio e soltou a bomba, teleguiada rumo à gaveta!