Nathan Cachorrão comemora o primeiro gol. Roni PimentelO Paraná Clube segue disparado na ponta do Campeonato Paranaense. De virada, o Tricolor bateu o Cascavel, neste domingo, no Olímpico Reginal e chegou aos 18 pontos na tabela de classificação, quatro pontos à frente do segundo colocado. O técnico Wagner Lopes elogiou o empenho e a luta do grupo, que não começou bem, mas teve força para modificar o cenário e computar a sua sexta vitória n competição.“Resultados assim nos fortalecem como grupo. Hoje, pude lançar alguns meninos, como o Canuto, que iniciou o jogo, e os gêmeos Gabriel e Rafael Furtado, no decorrer da partida”, destacou Wagner Lopes. O Paraná mais uma vez poupou os atletas utilizados no meio-de-semana. Afinal, na próxima quinta-feira tem jogo decisivo pela Copa do Brasil, frente ao ASA. Assim, com uma equipe “alternativa”, o Tricolor entrou em campo.O início não foi bom. Logo aos dois minutos, o Cascavel abriu o placar. Na cobrança de um escanteio pela direita, Éverton Dias subiu na área e conferiu, de cabeça. O Paraná demorou a se encontrar, mas aos poucos conseguiu melhorar sua troca de passes e pressionar a zaga do Cascavel. Aos 35 minutos, veio o empate. Após um escanteio cobrado por Renatinho, a zaga afastou, mas a bola veio para Artur Jesus. O zagueiro bateu, de voleio, para a defesa de Darci. Na sobra, Nathan mandou pra rede.O jogador comemorou ao seu estilo, imitando um cachorro na bandeirinha de escanteio. No segundo tempo, o Paraná veio decidido a virar o jogo. E, logo aos 12 minutos, garantiu o 2x1. Nathan acreditou na jogada e dividiu com a zaga. Na sobra, Pessalli cruzou para a conclusão precisa de Felipe Alves. O Cascavel, no desespero, passou a insistir nas bolas alçadas para a área. No contragolpe, porém, o Tricolor esteve sempre mais perto do terceiro gol. Rafael Furtado, aos 47, teve a chance de marcar seu primeiro gol no time principal, mas bateu fraco para a defesa de Darci. Mas, a vitória estava garantida: 2x1, Paraná.CASCAVEL 1x2 PARANÁ CLUBECascavel: Darci; Raulen (Roncatto), Vitor Carvalho, Henrique e Anderson Tasca; Sorbara, Ji-Paraná (Natan), Léo Maringa (Charles) e Éverton Dias; Laionel e Wesley. Técnico: Agenor Piccinin.Paraná: Marcos; Leandro Vilela, Artur Jesus, Rayan e Kaike; Jhony, Diego Canuto (Gabriel Furtado), Nathan (Rafael Furtado) e Renatinho; Jonas Pessalli (Bruno Cantanhede) e Felipe Alves. Técnico: Wagner Lopes.Local: Olímpico Reginal (Cascavel-PR)Árbitro: Rogério Menon da SilvaAssistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Flávio Augusto AlvesRenda: R$ 66.558,00Público pagante: 3.051Público total: 3.647Gols: Éverton Dias aos 2 e Nathan aos 35 do 1º tempo. Felipe Alves aos 12 do 2º tempoCartões amarelos: Éverton Dias (Cascavel). Marcos, Pessalli e Canuto (Paraná)Departamento de Comunicação - PRC

O Paraná Clube segue disparado na ponta do Campeonato Paranaense. De virada, o Tricolor bateu o Cascavel, neste domingo, no Olímpico Reginal e chegou aos 18 pontos na tabela de classificação, quatro pontos à frente do segundo colocado. O técnico Wagner Lopes elogiou o empenho e a luta do grupo, que não começou bem, mas teve força para modificar o cenário e computar a sua sexta vitória n competição.

“Resultados assim nos fortalecem como grupo. Hoje, pude lançar alguns meninos, como o Canuto, que iniciou o jogo, e os gêmeos Gabriel e Rafael Furtado, no decorrer da partida”, destacou Wagner Lopes. O Paraná mais uma vez poupou os atletas utilizados no meio-de-semana. Afinal, na próxima quinta-feira tem jogo decisivo pela Copa do Brasil, frente ao ASA. Assim, com uma equipe “alternativa”, o Tricolor entrou em campo.

O início não foi bom. Logo aos dois minutos, o Cascavel abriu o placar. Na cobrança de um escanteio pela direita, Éverton Dias subiu na área e conferiu, de cabeça. O Paraná demorou a se encontrar, mas aos poucos conseguiu melhorar sua troca de passes e pressionar a zaga do Cascavel. Aos 35 minutos, veio o empate. Após um escanteio cobrado por Renatinho, a zaga afastou, mas a bola veio para Artur Jesus. O zagueiro bateu, de voleio, para a defesa de Darci. Na sobra, Nathan mandou pra rede.

O jogador comemorou ao seu estilo, imitando um cachorro na bandeirinha de escanteio. No segundo tempo, o Paraná veio decidido a virar o jogo. E, logo aos 12 minutos, garantiu o 2×1. Nathan acreditou na jogada e dividiu com a zaga. Na sobra, Pessalli cruzou para a conclusão precisa de Felipe Alves. O Cascavel, no desespero, passou a insistir nas bolas alçadas para a área. No contragolpe, porém, o Tricolor esteve sempre mais perto do terceiro gol. Rafael Furtado, aos 47, teve a chance de marcar seu primeiro gol no time principal, mas bateu fraco para a defesa de Darci. Mas, a vitória estava garantida: 2×1, Paraná.

2 Comentários

Comments are closed.