O Athletico Paranaense terminou sua campanha na Conmebol Libertadores 2019. Diante do Boca Juniors, na Bombonera, o Rubro-Negro perdeu por 2 a 0, no jogo de volta das oitavas de final da competição.

O próximo desafio do Furacão vale título. No Japão, o time athleticano disputa a Levain Cup, dia 7 de agosto.

O Jogo

O jogo começou nervoso, como manda o protocolo de uma oitavas de final da Conmebol Libertadores. O time da casa pressionava a saída de bola do Furacão, que errou alguns passes antes de se encontrar.

A primeira finalização do Athletico foi com Nikão, de longe, aos quatro minutos. Ele viu Andrada adiantado e arriscou, mas o chute foi por cima da meta.

Santos apareceu bem aos 11’. Capaldo finalizou após cruzamento da esquerda e o camisa 1 colocou para escanteio.

Aos 16’, o Boca cobrou rápido uma falta e Ábila ficou cara a cara com Santos. Ele optou por tocar para Nandez, com o gol livre. Mas Márcio Azevedo apareceu providencialmente para fazer o corte!

Aos 20 minutos, Nikão bateu falta com perigo. A bola saiu à esquerda de Andrada, rasteira, com perigo. Jogada de muito perigo para o Boca aos 34 minutos. Após cobrança de escanteio, Santos fez boa defesa. Na sobra, a bola ficou viva na área e ia entrando, quando Pedro Henrique afastou em cima da linha.

Santos fez nova defesa aos 44’, em cabeçada de Mac Allister.

Gols saem na segunda etapa

Na segunda etapa, o Athletico até começou melhor, pressionando, mas foi o Boca Juniors quem abriu o placar. Ábila ganhou no corpo e bateu forte, sem chances para Santos, aos 11 minutos.

A resposta athleticana veio dois minutos depois, com Marco Ruben. Bruno Guimarães fez bom passe e o camisa 9 bateu cruzado, para defesa de Andrada.

Aos 17’, Santos fez ótima defesa em chute cruzado de Zárate. Já nos acréscimos, Salvio marcou o segundo gol do time da casa e fechou o placar.