15.4 C
Curitiba
sexta-feira, 24 maio 2024

Bons ventos na estreia!

Para começar uma longa jornada, nada melhor que um grande impulso! O Brasileirão começou para o Athletico da melhor maneira possível: com uma vitória por goleada. Neste domingo (14), foi a vez do Cuiabá sentir a força do Furacão e sofrer 4 a 0 na Ligga Arena.

O Athletico teve o controle completo do jogo desde seu início. Já na etapa inicial, encaminhou o resultado positivo com gols de Pablo, Canobbio e Léo Godoy. E em um segundo tempo sem sustos, fechou a conta com mais um tento de Mastriani.

Foi o oitavo triunfo seguido do Rubro-Negro, que tem 100% de aproveitamento desde a chegada do técnico Cuca. Foram 27 gols marcados e apenas dois sofridos. Um bom desempenho para um início de temporada cheia de desafios pela frente!

Na quarta-feira (17), já tem mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro. O adversário será o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre.

O Jogo

Mostrando tranquilidade desde o início da partida, o Furacão foi procurando os espaços na defesa do Cuiabá. Canobbio, Julimar, Pablo e Cuello impunham grande movimentação no ataque e as oportunidades começaram a aparecer.

Julimar mandou uma bomba de fora da área que passou perto da trave. Canobbio também apareceu com perigo e finalizou para fora.

Até que, aos 21′, o adversário não conseguiu mais resistir. Em cobrança de escanteio pelo lado direito, Fernandinho colocou a bola na cabeça de Julimar que tocou para o meio da pequena área. A zaga tentou cortar, mas Pablo estava lá para conferir! Gol de número 70 do artilheiro com a camisa rubro-negra!

Quando o adversário baixou a guarda, o Athletico aproveitou para definir. Aos 36′, a jogada do segundo gol começou pela esquerda, com Julimar. Ele tocou para Pablo, que acionou Fernandinho. O camisa 5 mandou na direita para Léo Godoy, que devolveu de calcanhar. Fernandinho disputou com a zaga, levou a melhor e tocou para Canobbio conferir!

E dois minutos depois, veio o terceiro. Canobbio fez ótima jogada pela direita, entrou na área e mandou um passe perfeito para Léo Godoy. Chute forte, cruzado e sem chances de defesa do lateral rubro-negro e 3 a 0 no placar!

No segundo tempo, o Furacão administrou a vitória, seguiu controlando a partida e não deu chances de reação ao Cuiabá. Fernandinho teve a chance de marcar o seu. Mas foi outro artilheiro quem fechou a conta da goleada.

Aos 35′, em uma falta pela esquerda, Zapelli foi para a cobrança e fez o cruzamento preciso. Na cabeça de Gonzalo Mastriani, que testou com categoria pra estufar a rede e encerrar mais uma grande atuação da equipe rubro-negra!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 4×0 Cuiabá 
Campeonato Brasileiro 2024: 1ª rodada
Data: 14/04/2024 (domingo)
Horário: 16h
Local: Ligga Arena

Público total: 22.169
Público pagante: 21.388
Renda: R$ 704.600,00

Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Michael Stanislau (RS)
Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS)
Árbitro de vídeo: Diego Pombo Lopez (BA)

Athletico Paranaense: Bento; Léo Godoy, Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel; Erick e Fernandinho; Julimar (Alex Santana, aos 27′ do 2º tempo), Canobbio e Cuello (Zapelli, aos 27′ do 2º tempo); Pablo (Mastriani, aos 27′ do 2º tempo)
Técnico: Cuca
Gols: Pablo, aos 21′, Canobbio, aos 36′, e Leo Godoy, aos 38′ do primeiro tempo; Mastriani, aos 35′ do segundo tempo

Cuiabá: Walter; Marllon, Allyson e Alan Empereur; Raylan, Lucas Mineiro, Fernando Sobral (Max, aos 15′ do 2º tempo) (Filipe Augusto, aos 31′ do 2º tempo) e Riquelme; Derick Lacerda (André Luís, aos 15′ do 2º tempo), Dayverson (Pitta, aos 31′ do 2º tempo) e Clayson (Jonathan Cafu, aos 15′ do 2º tempo)
Técnico: Luiz Fernando Iubel
Cartões: Filipe Augusto e Alan Empereur

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS