12.6 C
Curitiba
sábado, 22 junho 2024

Confira as opções de Curitiba para brincadeiras e passeios com os pets

Curitiba é conhecida pela quantidade de áreas verdes e unidades de conservação para a prática esportiva, lazer e contemplação. A manutenção e preservação desses espaços colaboram para a qualidade de vida da população e fazem parte do Curitiba Viva Bem, um conjunto de políticas públicas com essa finalidade. Os pets também têm espaço na cidade que já recebeu reconhecimento pelo cuidado que tem com os animais.

Entre os locais públicos, há alguns destinados exclusivamente aos melhores amigos dos curitibanos. São cinco Espaços Amigo Bicho na cidade, nos bairros Centro, Guaíra, Capão Raso, Pinheirinho e Juvevê (veja os endereços completos abaixo). O superintendente de Obras e Serviços da Secretaria de Meio Ambiente, Jean Brasil, lembra que são locais cercados para garantir a segurança dos animais.

“É uma área para que eles fiquem soltos, socializem e brinquem com os demais cães sem preocupar os tutores e sem o risco de correrem para as ruas próximas”, explica. “A socialização também acaba acontecendo entre os vizinhos dos espaços”, completa.

Para o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria, Edson Evaristo, a criação dessas áreas reforça a conduta da cidade de incentivo à guarda responsável e o convívio em harmonia com animais, além das políticas públicas de proteção já reconhecidas. 

“Os espaços vêm se somar ao nosso programa de castração gratuita, que é um dos maiores do Brasil, além das ações de saúde, vacinação, pela guarda responsável e contra o abandono”, resume. 

Espaço compartilhado

Quem quer brincar e se divertir com o seu bichinho tem outras opções na cidade. A maior parte das unidades de conservação não tem restrições, desde que seja respeitado o espaço de todos. O ideal é que seja usada a guia durante os passeios e brincadeiras, para evitar que o animal se perca ou se machuque em interação com outros pets desconhecidos. 

“Vale lembrar que os parques são habitat natural da nossa fauna silvestre e a aproximação entre esses animais e os pets não deve ser incentivada para evitar acidentes”, reforça Evaristo. 

Espaço restrito

A restrição para a presença de pets existe no Passeio Público e no Zoológico, em função da presença dos animais abrigados por lá; no Belvedere do Parque Tanguá; e no Jardim Botânico de Curitiba, para a preservação das coleções botânicas espalhadas pela unidade de conservação. “A regra é comum a outras áreas classificadas como jardins botânicos no país, como é o caso dos do Rio, São Paulo, Florianópolis e Distrito Federal”, conta a chefe do Jardim Botânico de Curitiba, Sônia Mara Ferraz de Oliveira.   


Onde encontrar um Espaço Amigo Bicho

– Passeio Público, Rua Presidente Carlos Cavalcanti, Centro
– Eixo de Animação Arnaldo Faivro Busato – Avenida Presidente Wenceslau Braz, no Guaíra
– Jardinete Sebastiana Tortato – Rua Paulina Ader, Capão Raso
– Praça Zumbi dos Palmares – Rua Elói Zeglin, Pinheirinho
– Praça Brigadeiro do Ar Mário Calmon Eppinghaus – R. José de Alencar, 2231 – Juvevê

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS