20 C
Curitiba
quinta-feira, 23 maio 2024

Coxa sofre o primeiro revés fora de casa

Coxa corre atrás do placar, empata a partida, mas é castigado no fim da partida em jogo contra o Toledo, na quarta rodada do Paranaense

Fora de casa, o Coxa sofreu o primeiro revés no Campeonato Paranaense, na tarde deste domingo (14). Jogando no estádio 14 de Dezembro, o Coritiba enfrentou o Toledo, que fez 3 a 2 e ficou com os três pontos da rodada.

O Coxa até tentou o empate a todo custo, mas os gols insistiam em não sair. O time da casa saiu na frente no primeiro tempo e na etapa complementar fez mais um. Então, o Verdão conseguiu o empate com gols de Kléber e Evandro. Mas, antes do apito final do jogo, Juninho cometeu falta dentro da área, levou o segundo cartão amarelo e o vermelho. Aí o Toledo fez o terceiro na cobrança de pênalti. Mesmo no fim de jogo, o Coritiba tentou o empate até o último instante.

Após a partida, o treinador da equipe alviverde, Gilson Kleina, falou em entrevista coletiva,  analisando a postura coxa-branca em campo. “Levamos o segundo, mudamos o modo de jogar, tivemos uma reação e levamos o gol. Hoje tivemos situações muito claras de gol, mas não aproveitamos”, destacou.

Coxa cria situações de gol, mas Toledo sai na frente

O Coritiba entrou em campo no estádio 14 de Dezembro com algumas mudanças na equipe. Sem poder contar com Negueba, que sentiu dores musculares, e com Ceará, que seguiu fora por não estar 100%, Gilson Kleina escalou Wilson, Reginaldo, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Amaral, Juan, Guilherme Parede, Leandro e Kléber.

Com o apito inicial o time da casa foi para cima e pressionou o Coxa. Bruno Gaúcho arriscou de bicicleta e Wilson defendeu bem. Na sequência, o goleiro coxa-branca trabalhou novamente e salvou o Verdão no susto.

O Coxa teve uma boa oportunidade com Kléber, que arriscou para o gol, mas Fabrício defendeu. Com 19’, João Paulo cobrou falta na área, Walisson Maia subiu para o cabeceio e a bola passou perto.  Pouco depois, no entanto, o Coxa deu bobeira e o Toledo abriu o placar após um cruzamento na área, Rafael Bastos mandou para as redes de bicicleta, fazendo um bonito gol.

Com o forte calor em Toledo, houve a parada técnica. No retorno, aos 34’, o Coxa balançou as redes de forma legal, mas o árbitro assinalou o impedimento de maneira equivocada. Kléber recebeu na área e mandou para Leandro, o goleiro defendeu e Juan completou em posição regular.

Aos 41’, mais um gol anulado, desta vez para o lado do Toledo. O Coritiba teve boas chances no fim do primeiro tempo da partida, com Leandro e depois com Guilherme parede, mas a defesa do time da casa tirou o que seria o empate alviverde.

Coxa consegue o empate em 2 a 2, porém sofre gol nos instantes finais

Para a etapa complementar o Coxa voltou sem alterações, mas ciente de que era preciso se reinventar em campo para reverter o placar, e o time do Toledo queria ficar com os três pontos do jogo, sem facilitar para o Verdão.

Já aos quatro minutos da segunda etapa, Wilson fez mais uma boa defesa, salvando o Coxa. Na resposta verde e branca, Juan cruzou na área e Leandro tentou de calcanhar. Porém, Murilo cobrou a falta para o Toledo, a bola desviou na barreira e tirou do goleiro coxa-branca, ampliando a vantagem no placar.

Kleina promoveu a entrada de Ruy e Thiago Lopes em campo, nos lugares de João Paulo e Guilherme Parede. Aos 15’, Juninho arriscou para o gol, mas sem sucesso. Aí a experiência e a juventude jogaram junto no Coxa.

Thiago Lopes, prata da casa de 19 anos, fez um belo passe de calcanhar para Kléber, de 32 anos, que mandou para as redes fazendo o primeiro do Coritiba no jogo. Com o gol coxa-branca, o time do Toledo buscou se fechar, dificultando ainda mais a vida do Alviverde. A última mudança no Verdão foi a entrada de Evandro no lugar de Leandro.

Aos 37’, o Coxa mostrou sua força de reação e chegou ao empate mostrando que a substituição deu certo. Carlinhos fez o cruzamento certeiro para o prata da casa Evandro que cabeceou para o gol deixando tudo igual.

Mas a felicidade coxa-branca acabou logo, quando Juninho acabou derrubando o atacante do Toledo na área e o árbitro assinalou a penalidade máxima. O zagueiro coritibano levou o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho. Na cobrança, o terceiro gol do Toledo com Murilo.

Mesmo com um a menos em campo, o Coxa tentou até o último minuto de jogo. Nos instantes finais, foram duas oportunidades claras até o último apito do árbitro.

Próximo compromisso 

Agora o Coritiba retorna à capital paranaense, onde terá a semana cheia para se preparar para a próxima partida e buscar uma reação na competição. Na quinta rodada do estadual, o Coxa enfrentará o Operário no Couto Pereira, no domingo (21), a partir das 19h30.

“Vamos retornar, essa semana é cheia e nós temos muito o que trabalhar e acertar até o próximo jogo”, finalizou Gilson Kleina.

Seguindo a política de escalonamento de ingressos, o jogo terá ingressos com valores a partir de R$20 para sócios dos planos Torcedor Coritiba (R$19,90) e Coxa Special. Saiba mais aqui.

Fonte: site oficial do Coritiba

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS