16.3 C
Curitiba
sábado, 18 maio 2024

Coxa sofre revés na decisão

O time coxa-branca viveu uma tarde para se esquecer neste domingo (1º), na Arena da Baixada. Na primeira partida da final do Campeonato Paranaense 2016, o Coxa foi surpeendido pelo Atlético-PR e perdeu pelo placar de 3 a 0. Os três gols do jogo foram marcados durante a segunda etapa.

Agora, para conquistar o 38º título paranaense da história coxa-branca, o Verdão precisará reverter o resultado do primeiro jogo e vencer o duelo do domingo que vem por quatro gols de diferença. Uma vitória por três gols levará a decisão para os pênaltis.

Primeiro tempo termina sem gols

Após muita expectativa a bola rolou para a primeira partida da final do Campeonato Paranaense. Detalhe para a bonita festa das torcidas nas arquibancadas, em especial dos coxas-brancas, que lotaram o espaço destinado aos visitantes e fizeram muito barulho desde o começo da partida.

O Coxa foi a campo sem poder contar com Wilson, Ceará, Juan e Dudu. Com isso, quatro atletas ganharam nova oportunidade entre os titulares do Verdão: Elisson, Reginaldo, Vinícius e Thiago Lopes

Como era de se esperar, logo no início da partida os ânimos ficaram exaltados. Primeiro na dividida de Negueba e Hernani, depois com o encontrão do atacante Kléber com o lateral direito Léo.

Com a bola rolando, o duelo foi muito disputado no meio campo e as duas equipes tiveram muitas dificuldades de finalizar. O Atlético-PR chegou aos seis minutos com Walter, mas Elisson espalmou.

O Coxa tentava responder nas investidas pelo lado direito, com Reginaldo e Negueba. Cada um teve ao menos uma boa oportunidade cruzar com liberdade na linha de fundo, mas ambos foram interceptados pela defesa atleticana.

Aos 32’, brilhou a estrela de Elisson. Walter arriscou da intermediária, a bola desviou em Alan Santos e o goleiro alviverde fez grande defesa. No último lance de perigo do primeiro tempo, Sidcley cruzou da esquerda e Ewandro bateu por cima do gol.

No segundo tempo, o duelo seguiu a mesma tônica da primeira etapa. Jogando em casa, o Atlético-PR permaneceu buscando o gol, enquanto o Coxa se fechava na defesa e procurava os contra-ataques.

Aos sete minutos, após jogada ensaiada, Léo cruzou da direita e o zagueiro Thiago Heleno apareceu livre na área para tocar de cabeça e abrir o marcador para os donos da casa.

Empurrado pela torcida, o Atlético-PR fez o segundo gol aos 19 minutos. Reginaldo e Walisson Maia não cortaram o lançamento longo, a bola sobrou para Ewandro que livre tocou na saída de Elisson.

O Coxa tentou responder aos 20 minutos. Negueba pegou a sobra de bola na intermediária e bateu rasteiro, Weverton se esticou todo e salvou o Atlético-PR. Foi a melhor chance do Verdão na partida.

Aos 23’, o time do Atlético-PR chegou ao terceiro gol. Hernani cobrou falta da meia lua no ângulo de Elisson, o goleiro coxa-branca nada pôde fazer. Com isso, o Atlético-PR abriu 3 a 0 na final.

Na reta final da partida, o meio campista Hernani fez falta dura em Reginaldo e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso. Com isso o Coxa ficou com um homem a mais nos minutos finais do jogo.

Mesmo em superioridade numérica, o time do Coritiba encontrou muita dificuldade para penetrar na defesa atleticana. Com Ruy e Leandro, o Verdão até teve posse de bola ofensiva, mas o placar ficou mesmo Atlético-PR 3×0 Coxa.

Fonte: Site oficial do Coritiba

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS