14.7 C
Curitiba
quarta-feira, 24 julho 2024

Curitiba é o terceiro principal destino corporativo do País; Foz do Iguaçu é o 5º em turismo

Das viagens a lazer ao turismo de negócios, o Paraná vem se consolidando como um destino cada vez mais frequente dos viajantes. De acordo com um levantamento anual da Omnibees, plataforma de tecnologia usada para reservas em mais de 7 mil hotéis, Curitiba foi o terceiro destino mais frequente do País em viagens corporativas em 2023. No ranking de viagens turísticas de lazer, Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, ficou na quinta colocação nacional.

Os dados levam em conta a quantidade de pernoites registradas pela empresa ao longo de todo o ano, com um volume total de 24 milhões de reservas ao ano. Além dos hotéis, a plataforma opera também com mais de 750 canais de vendas.

Nas viagens corporativas, Curitiba ficou atrás de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) como a cidade com maior número de pernoites do País. Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Campinas (SP) e Goiânia (GO) completam a lista dos dez principais destinos do País no turismo de negócios em 2023.

Em relação a 2022, a Capital do Estado subiu uma posição no ranking, com um aumento de 13% no volume total de diárias ao longo do ano. Em todo o Brasil, o aumento foi de 18%, e na região Sul, o crescimento foi de 15%.

No que diz respeito às tarifas médias cobradas, Curitiba teve um aumento de 16% em relação ao ano anterior. Em todo o Brasil, crescimento médio registrado nos preços das diárias foi de 19%. Na região Sul, o aumento foi de 14%, segundo o levantamento.

LAZER – Nas viagens de turismo de lazer, Foz do Iguaçu, um dos destinos mais buscados no TripAdvisor da América do Sul, ficou na quinta posição nacional, atrás de Rio de Janeiro (RJ), Gramado (RS), Maceió (AL) e Porto Seguro (BA). A lista de dez principais destinos turísticos do Brasil ainda tem Ipojuca (PE), Natal (RN), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE) e Búzios (RJ).

A cidade paranaense também registrou um dos maiores crescimentos no volume de pernoites entre os principais destinos do Brasil, com uma alta de 21% em relação a 2022, atrás apenas de Búzios (33%) e Gramado (22%).

No mesmo período, a tarifa média cobrada por uma diária na cidade aumentou 13%, acompanhando o índice nacional que ficou em 12% e acima da média de crescimento da região Sul, que foi de 8%.

A empresa não divulgou os números totais de diárias e nem os valores das tarifas, mas apenas os rankings de principais destinos e as variações em relação ao ano anterior. Os dados completos divulgados pela Omnibees podem ser acessados AQUI .

EXPANSÃO – Os números confirmam a expansão do setor no Paraná. De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o turismo no Paraná cresceu 10% em 2023. O índice foi o quarto melhor do Brasil, atrás de Minas Gerais (15%), Rio de Janeiro (11,5%) e Bahia (11,4%). Em todo o País, o crescimento médio foi de 6,9%.

Segundo o Boletim de Dados Turísticos elaborado pela Secretaria de Estado de Turismo, o Paraná registrou um aumento significativo no número de turistas internacionais recebidos, com alta de 51,3%, e a atividade criou 6,7 mil empregos formais ao longo do ano.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 121 | JULHO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS