Curitiba foi a 4ª cidade que mais gerou emprego no país em 2018

Curitiba foi a quarta cidade que mais gerou empregos no Brasil em 2018, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quarta-feira (23/1) pelo Ministério do Trabalho. A capital registrou 13.681 novas vagas de emprego com carteira assinada, atrás de São Paulo, Belo Horizonte e Brasília.

De janeiro a dezembro de 2018, 312.933 trabalhadores foram admitidos em Curitiba, enquanto o número de demissões foi de 299.252. O saldo positivo representa um grande aumento em relação a 2017, quando a capital perdeu 7.755 vagas.

[themoneytizer id=”21651-2″]

 

O setor de serviços foi o responsável pela maioria das contratações, com abertura de 10.738 novas vagas. Em seguida aparecem os setores da construção civil, comércio, indústria de transformação e agropecuária. Entre as ocupações que tiveram os melhores resultados estão a de operador de telemarketing, alimentador de linha de produção, repositor de mercadorias e auxiliar de escritório.

Investimento

Para o diretor de Relações para o Trabalho da Fundação de Ação Social – FAS Trabalho, Cesário Ferreira Filho, os números demonstram a retomada da economia e, por conseqüência, das contratações. “Além disso, evidenciam a confiança do empresariado em investir em Curitiba”, diz.

O diretor destaca ainda o investimento da gestão municipal nas ações das políticas públicas de trabalho, emprego e renda; a reestruturação dos postos de atendimento do Sistema Nacional de Emprego (Sine); o fortalecimento das ações de captação de vagas junto ao empresariado; e os investimentos em ações que facilitaram o atendimento ao cidadão.

De janeiro a dezembro, os postos municipais do Sine, localizados principalmente nas Ruas da Cidadania, ofertaram 6.526 vagas de emprego, sendo que 2.190 trabalhadores foram colocados no mercado de trabalho.