14.3 C
Curitiba
segunda-feira, 22 abril 2024

Curitiba se destaca como destino inteligente e sustentável

Nesta terça-feira, 27 de setembro, é comemorado o Dia Mundial do Turismo e Curitiba celebra na data uma série de ações que vem transformando a cidade em um dos destinos mais buscados do país. Segundo o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHD), de janeiro a julho deste ano, Curitiba ficou no mesmo patamar de grandes cidades turísticas na taxa média de ocupação acumulada.

A cidade figura também entre os dez municípios brasileiros selecionados pelo Ministério do Turismo (MTur) como Destino Turístico Inteligente (DTI). Desde 2020, Curitiba vem implantando ações transformadoras através do Instituto Municipal de Turismo, em parceira com a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Sebrae-PR e Fecomércio-PR.

Reconhecimento Ministério do Turismo

Como reconhecimento pelos trabalhos de DTI, Curitiba recebeu o certificado Destinos Turísticos Inteligentes em Transformação, entregue em agosto deste ano pelo ministro do Turismo, Carlos Brito.

A homenagem aconteceu durante o I Seminário Internacional DTI Brasil, em Brasília. O encontro foi promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Instituto Ciudades del Futuro e Fundacion Ciudad de La Plata.

Para a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, o evento foi um reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito pelo ecossistema Curitiba DTI.

“Durante esse processo fizemos um diagnóstico e sensibilizamos atores internos e externos, originando também o plano de transformação e o Mapa Estratégico, que executaremos a partir de agora, de maneira que a gestão do turismo em Curitiba seja mais eficiente, baseada na jornada e interesses dos turistas, buscando também que suas experiências sejam singulares e preservando nossa identidade e valores locais”, salienta Tatiana.

Inverno Curitiba

No período de 15 de junho a 31 de julho, a programação Inverno Curitiba atraiu moradores e turistas com rica gastronomia, cultura, arte, artesanato e formação étnica. A iniciativa do Instituto Municipal de Turismo reuniu ações do setor público e privado e impulsionou o turismo na capital.

Em julho, a Linha Turismo recebeu quase 100 mil embarques com mais de 24 mil passageiros, um crescimento de 32% em relação a julho de 2019. A Serra Verde Express contabilizou um aumento de 30% em relação ao mesmo período e a rede hoteleira comemorou uma ocupação acima de 85%.

Destino Curitiba

Entre as ações da ativação do ecossistema de DTI e de governança adotadas pela cidade estão o WiFi Curitiba, o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais e o Programa Escola de Turismo. Também ações de inovação, como o Coreto Digital no Passeio Público e a Galeria Quatro Estações no Jardim Botânico; de tecnologia, como os portais Guia CuritibaCuritiba Criativa e a vitrine digital da Feira do Largo da Ordem; de promoção e marketing com o reposicionamento da identidade do destino Curta Curitiba; de mobilidade e transporte com melhorias na Linha Turismo.

Na segurança, houve implantação da Muralha Digital; em acessibilidade, novas calçadas em paver no Setor Histórico, adaptações no Jardim Botânico e audiodescrição para visitantes cegos na Torre Panorâmica e no Memorial Paranista; no estímulo à criatividade, lançamento das lojas #CuritibaSuaLinda e das formações do Liceu de Ofícios Criativos; e na sustentabilidade, a Fazenda Urbana e a Escola de Sustentabilidade no Bosque Zaninelli.

Estratégias

O Mapa Estratégico do programa Curitiba DTI, que estabelece as ações do programa Curitiba DTI, contempla dez eixos de atuação nos próximos anos: Governança, Sustentabilidade, Tecnologia, Inovação, Marketing, Experiência, Infraestrutura, Acessibilidade, Criatividade e Segurança. Para cada um desses eixos há diretrizes e projetos estruturantes que serão executados até 2030

Em 2023, uma das ações contempladas no eixo Tecnologia irá virar realidade. Serão lançados os aplicativos de Santa Felicidade e do Centro Histórico, que terão gamificação para que os turistas possam interagir com as plataformas e resgatar descontos e prêmios.

Ações previstas até 2030 pelo programa Curitiba DTI

2023 – Novas competências, conhecimento e inteligência fortalecem o ecossistema de turismo inteligente com base em ações estruturantes orientadas pelos eixos estratégicos. A jornada de reestruturação e transformação do destino passa a ser orientada por um processo de certificação internacional, orientado por um Plano Estratégico de Destino Turístico Inteligente, integrado, pactuado e coordenado pela governança.

2025 – O destino avança em sua jornada de transformação. Uma infraestrutura física e digital de vanguarda orientada às necessidades locais está em implementação. Com o uso inteligente da tecnologia disponível, o ecossistema de turismo inteligente interage, interopera e facilita as atividades turísticas, promovendo a acessibilidade universal e o desenvolvimento de um processo de cocriação de valor e melhoria contínua da experiência dos visitantes e moradores.

2027 – A governança monitora os indicadores DTI, alinhados ao Plano. Uma Plataforma de Inteligência do Destino Turístico já interopera com o ecossistema de turismo inteligente, gerando uma oferta turística inovadora alinhada aos eixos estratégicos.

2030 – O destino cumpre com os requisitos de internacional DTI e atinge transformação. O ecossistema de turismo inteligente é fortalecido por uma governança inteligente, que promove um amplo e aberto processo de cocriação de valor e interopera com sistemas de informação para a tomada de decisões informadas, impactando no bem-estar dos cidadãos e visitantes.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS