Após estrear com vitória o Brasileirão, o Coxa viajou até o Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, no estádio Nilton Santos, e tentar ampliar o número de pontos na tabela, mas a vitória ficou com os cariocas pelo placar de 2 a 0, com gols de Marco Antonio e Chay, pela 2ª rodada da competição.

O próximo compromisso do Coritiba é pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no Couto Pereira, na quinta-feira (10), às 21h30.

 

O jogo

Nesta partida, o técnico Gustavo Morínigo repetiu a formação que mandou a campo no primeiro jogo, porém Jhony não viajou com a equipe, pois testou positivo para a Covid-19, e Gustavo Bochecha foi relacionado como opção entre os suplentes pela primeira vez.

A equipe titular contou com Wilson, Igor, Nathan Ribeiro, Luciano Castan e Natanael; Willian Farias, Val (Valdeci) e Matheus Sales (Robinho); na frente teve Rafinha (Tailson), Waguininho e Léo Gamalho (Dalberto).

O primeiro tempo não teve grandes jogadas por parte das duas equipes. O início foi com domínio carioca na área coxa-branca, mas com o decorrer da partida, a posse de bola foi se equilibrando para os dois lados. Porém, a partida teve lances polêmicos.

Aos 31’, o árbitro assinalou falta para o Coxa, e Igor estava na bola. Dewson Fernando Freitas da Silva apitou autorizando a cobrança, e o lateral alviverde chutou direto para marcar um golaço. Mas o gol foi anulado pela arbitragem, porque depois de apitar, o juíz correu para arrumar a barreira do Botafogo, e alegou que não valeu o gol, mesmo não dando nenhum sinal para parar a jogada.

Mesmo com muita contestação, o placar permaneceu fechado até a segunda etapa. Na volta do intervalo, aos 15’, mais um lance contestável. Após cobrança de escanteio, a bola desvia em Val dentro da área, e vai direto para o antebraço de Igor, e o árbitro marca pênalti para o Botafogo, mesmo com a bola indo em direção ao lateral do Coritiba, depois de um desvio do próprio companheiro. Marco Antonio cobrou, Wilson defendeu, mas no rebote o meia fez o primeiro gol carioca.

A partida continuava equilibrada para os dois lados, mas sem predomínio para nenhum dos times, até que em uma jogada rápida, Chay fez o segundo gol, fechando o placar em 2×0 para o Botafogo, na primeira derrota do Coritiba no Brasileiro.