Num jogo eletrizante, cheio de alternativas e belos gols, o Paraná Clube levou a melhor e garantiu a sua primeira vitória fora de casa neste Campeonato Brasileiro da Série B. O Tricolor, de virada, fez 3×2 no Coritiba, superou o rival na tabela de classificação e se aproximou do G4 da competição.

Mesmo fora de casa e diante de um estádio lotado, o Paraná não se intimidou e procurou impor o seu ritmo de jogo. Logo aos 8 minutos, Matheus Anjos “foi pra rede”, mas a arbitragem marcou impedimento do camisa 10 paranista. A resposta do Coritiba veio com o primeiro gol do clássico. Na bola alçada na área por Diogo Mateus, Rodrigão – livre de marcação – usou a cabeça para fazer 1×0.

O Paraná seguiu “martelando”, até empatar o jogo aos 44 minutos. No cruzamento de Guilherme Santos, Ramon e Matheus Anjos tentaram, mas quem mandou para a rede foi João Pedro: 1×1. O técnico Umberto Louzer, que já havia perdido Diogo Mateus, também precisou tirar Giovanni – lesionado – no intervalo. O Tricolor seguiu pressionando, mas quem chegou ao gol foi o Coritiba.

Em jogada individual, aos 7 minutos, Juan Alano limpou a jogada e acertou o ângulo direito: 2×1. No lance seguinte, João Pedro carimbou o travessão de Wilson, em cobrança de falta. Aos 15, o Paraná empatou. E num golaço. Luiz Otávio tabelou com Bruno Rodrigues e mandou um balaço, no ângulo esquerdo: 2×2.

Melhor na partida, o Paraná seguiu pressionando, até chegar à virada, aos 30 minutos. No cruzamento de Éder Sciola, Jenison ganhou da zaga coxa e mandou, de cabeça, o seu primeiro gol nesta Série B. Aos 39, Matheus Anjos teve a chance de definir o jogo, mas bateu fraco, para a defesa de Wilson. No último lance do jogo, Sciola salvou – sobre a risca – a finalização de Wilson. Final de jogo: Paraná 3×2.