25.1 C
Curitiba
domingo, 21 abril 2024

Dois gols pra matar a saudade!

Desde o apito inicial, ficou claro que o Furacão seria aquela equipe vertical e objetiva que o torcedor se acostumou a ver nesta temporada. Mesmo sem criar oportunidades mais claras nos minutos iniciais, a bola estava sempre rondando a área defendida pelo Juventude.

Foi assim que, aos 19′, o Rubro-Negro conseguiu abrir o placar. Em uma cobrança de lateral pelo lado direito, Orejuela jogou para Vitor Roque na área. Ele matou no peito, girou para cima da marcação e cruzou rasteiro para Vitinho, que chegou antes do zagueiro e tocou para a rede.

E por muito pouco Terans não marcou um golaço. Após uma cobrança de escanteio, a zaga do Juventude afastou, o camisa 20 pegou a sobra e mandou uma bomba de voleio de fora da área, que parou em uma grande defesa do goleiro Pegorari.

Após o intervalo, o Athletico seguiu controlando a partida. O goleiro do Juventude trabalhou em uma cabeçada de Erick e uma cobrança de falta de Terans. Erick arriscou também de fora da área, com perigo.

Aos 23′, saiu o segundo gol rubro-negro. Em uma boa assistência de Terans, Fernandinho bateu firme da entrada da área, a bola desviou no zagueiro e entrou.

O Athletico ainda teve oportunidades de ampliar, com Vitinho, Christian e Cuello. Mas o placar ficou mesmo em 2 a 0 para o Furacão. 

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS