O Paraná Clube não soube traduzir em gols a sua superioridade no primeiro tempo, cometeu erros na etapa final e ficou no empate com o Londrina, neste domingo (01), na Vila Capanema. O 2×2 deixou o Tricolor fora do G8 e, agora, o time de Allan Aal terá que se superar nas duas últimas rodadas para garantir presença nas quartas-de-final do Campeonato Paranaense.

No embalo da vitória empolgante sobre o Bahia de Feira, na Copa do Brasil, o Paraná começou o jogo pressionando o rival. Logo aos 5 minutos, Renan Bressan, pela primeira vez escalado como titular, abriu o placar. No cruzamento de Paulo Henrique, Thiago Alves fez o corta luz e Bressan pegou de canhota, no canto direito: 1×0. Só que mesmo com amplo domínio, o Tricolor não conseguiu ampliar o marcador.

Logo no início do segundo tempo, Allan Aal teve que trocar Marcelo por Andrey. Na sequência, Alemão também mexeu no Londrina e chegou ao empate. Ruster Santos acertou uma bola em curva, no ângulo esquerdo de Marcos, que não alcançou: 1×1. O Paraná não se deixou abalar pelo empate e aos 21 minutos voltou a comandar o placar. Fabrício, de falta, acertou uma “bomba” no canto direito: 2×1.

Só que o Tricolor ainda comemorava quando o Tubarão mais uma vez igualou o marcador. Falha geral de marcação e a bola “pipocando” na área. Danilo errou o chute, mas a bola entrou lentamente no gol paranista: 2×2. O cenário se complicou de vez quando, aos 27 minutos, Thiago Alves foi expulso. O Paraná, mesmo com um jogador a menos, ainda arriscou, mas não teve pontaria em chutes de fora da área. No próximo sábado, o jogo será mais uma vez na Vila Capanema, diante do União Beltrão.