Nosso time de Aspirantes venceu mais uma e é líder do Campeonato Paranaense. Nada é por acaso. Para quem ouviu o FuraCast desta semana e escutou a brincadeira do “Momento Reflexão”, viu que os meninos estavam certos. Quem procura com afinco, sempre encontra.

Pode parecer um pouco batido mencionar novamente o “Jogo CAP” por aqui. Mas não podemos deixar passar. A atuação do Athletico hoje (1º), no Estádio Germano Krüger, é uma demonstração da seriedade do modelo de jogo.

O nosso Furacão aprendeu e gostou de ser protagonista. Procurar sempre pelo gol já é algo natural para todas as categorias do nosso Clube. Jogar de peito aberto é a nossa marca. Logo aos 12’ do primeiro tempo, o placar era aberto com cobrança de pênalti convertida pelo Jajá. 

Mas se engana quem pensa que foi fácil. O Operário, jogando em seus domínios e com apoio de sua torcida, se lançava para o ataque em busca do seu gol. Levando perigo, mas parando em nossa defesa, sempre ligada, que conseguia sair tocando a bola para construção de novas jogadas.

Assim como, de novo, o Jajá. Esperto Jajá. Naquela típica jogada de quem tem fome de bola, nosso atacante divide a bola com o goleiro e sai comemorar o nosso segundo gol na partida. 

Poderiam achar que o Athletico voltaria diferente para o segundo tempo, buscando resguardar o resultado. Ledo engano.

O jogo continuou intenso e com o Operário tentando achar o seu gol. E em cobrança de falta e rebote na área, Sosa diminui para a equipe de Ponta Grossa.

Com o jogo aberto e indefinido, os treinadores realizam alterações em suas equipes mantendo o jogo aberto. Mas, como mencionaram na transmissão da partida, nossos jovens talentos não se cansam de atacar!

Aos 36’ do segundo tempo, em bela jogada de Reinaldo, Vinicius Mingotti dá um tapa na bola e é gol do Athletico!

Nosso time de Aspirantes venceu mais uma! Nada é por acaso.

O próximo desafio do Furacão no Campeonato Paranaense é na quarta-feira (4), às 20h, no Estádio Joaquim Américo, contra a equipe do Rio Branco.