15.4 C
Curitiba
sexta-feira, 24 maio 2024

Empate na raça

Coxa luta muito ao lado da torcida e garante ponto nos acréscimos, em empate com o Palmeiras

Na oitava rodada do Campeonato Brasileiro, na noite desta quarta-feira (15), o Coritiba enfrentou o Palmeiras, vice-líder da competição até aqui. Com mais de 13 mil pessoas no Couto Pereira, os atletas do Coxa foram guerreiros em campo, ficaram duas vezes atrás no placar e foram atrás do empate no Alto da Glória.

Com seis minutos de jogo, o Palmeiras marcou com Roger Guedes. Pouco depois, veio o empate com João Paulo. Na etapa complementar, o time paulista tomou a frente novamente com Cristaldo, mas o Coxa foi guerreiro e Leandro mandou para as redes deixando tudo igual.

Coxa sai atrás, mas busca o empate

Sem poder contar os meio campistas Juan e Cesar Gonzalez, o técnico interino do Verdão, Pachequinho, mandou a campo um Coritiba com novidades. Incluindo a entrada de Felipe Amorim, que fez sua primeira partida como titular da equipe alviverde.

Logo aos seis minutos de jogo, o Palmeiras abriu o marcador no Couto Pereira. Roger Guedes ganhou de Juninho pelo lado esquerdo, invadiu a área e soltou a bomba, sem a menor possibilidade de defesa para o goleiro Wilson.

Mesmo sofrendo o gol no início do jogo, o time coxa-branca não se intimidou e foi buscar a reação. Aos 13’, Ruy cobrou escanteio da esquerda e Juninho quase fez de cabeça.

O empate coxa-branca não demorou para sair. Aos 19’, Ruy cobrou falta pelo lado esquerdo e João Paulo apareceu livre no meio da grande área e testou firme para o fundo das redes do goleiro Fernando Prass.

Após um início intenso de partida, depois do gol de empate do Coxa a partida diminuiu um pouco de ritmo. O Palmeiras apostava na velocidade de Gabriel Jesus e Roger Guedes, enquanto o Coritiba respondia nas investidas de Ruy e Felipe Amorim.

Nos acréscimos, Coritiba garante ponto em casa

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou com Cleiton Xavier na vaga de Thiago Santos. E logo a um minuto do segundo tempo Gabriel Jesus quase desempatou, mas parou na defesa de Wilson.

O Palmeiras seguiu com o controle da posse de bola, mas encontrava muitas dificuldades para achar espaços em meio a defesa alviverde. Quando chegavam, os paulistas paravam no goleiro Wilson.

Com dificuldades para responder o time do Palmeiras, o Coxa assustava nas jogadas de bola parada, principalmente com o meio campista Ruy. Por duas vezes, o Verdão quase conseguiu desempatar.

Melhor na partida, o Palmeiras chegou tomou novamente à frente aos 23 minutos do segundo tempo. Após um lateral cobrado na área coxa-branca, o argentino Cristaldo apareceu na área e conseguiu desviar para o fundo das redes.

Atrás no placar, Pachequinho mexeu no time. Entraram os atacantes Evandro e Leandro, nas vagas de Edinho e Vinícius. Na sequência, entrou ainda o paraguaio Ortega na vaga de Felipe Amorim.

No fim, o Coxa tentou pressionar a equipe palmeirense. Percebendo a pressão do Coritiba, o técnico adversário Cuca colocou o zagueiro Edu Dracena para fechar os espaços e segurar a vitória.

A arbitragem assinalou mais seis minutos de jogo. Tempo precioso para o Coxa buscar o empate e ir para cima. Aí, foi na Alma Guerreira. Evandro fez a assistência e Leandro mandou no canto esquerdo de Fernando Prass garantindo o empate. Coritiba 2×2 Palmeiras.

Próximo jogo

Com um ponto garantido no Couto Pereira, o Coritiba já se reapresenta na quinta-feira (15), no Centro de Treinamento Bayard Osna. Será o início da preparação para a próxima rodada, cujo adversário será o América-MG, fora de casa.

Fonte: Site oficial do Coritiba

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS