24.4 C
Curitiba
segunda-feira, 24 junho 2024

Faltou o gol, mas veio um ponto

O time da casa esboçou uma pressão no início do jogo, mas sem levar perigo ao gol defendido por Bento. Aos poucos, o Athletico foi tomando conta da partida e criando ótimas chances de abrir o placar.

A primeira veio em um passe perfeito de Fernandinho para Vitor Roque, que passou pela marcação e bateu firme, para uma boa defesa do goleiro. Logo depois, mais um passe preciso de Fernandinho para Vitor Roque. Desta vez ele tocou para Cuello, que cruzou na área e Canobbio por pouco não conseguiu desviar.

Canobbio tirou tinta da trave com uma bomba de fora da área. Vitor Roque, na velocidade, deixou a zaga para trás e iniciou uma jogada que passou por Canobbio, Cuello e terminou com a finalização de Terans e mais uma defesa do goleiro peruano.

O Athletico era dono do jogo e Vitor Roque dava trabalho à defesa do Alianza também na armação das jogadas. Em uma delas, ele recebeu de costas, deixou o marcador para trás e deu o passe milimétrico para Cuello, que bateu colocado. Mais uma bola raspando a trave!

Em outro passe de Vitor Roque, foi a vez de Erick chutar rasteiro e dar mais trabalho ao goleiro. Bento só precisou entrar em ação no minuto final da primeira etapa, com uma defesa segura em chute de Ballon.

O cenário não mudou logo depois do intervalo. Terans deu um ótimo passe por cobertura para Vitor Roque, que tentou encobrir o goleiro com um toque de primeira, mas mandou por cima do gol. Cuello finalizou duas vezes e Khellven também arriscou de fora da área.

A grande chance da partida aconteceu aos 29′. Em uma bola afastada pela defesa do Alianza, Fernandinho pegou o rebote e chutou de primeira de fora da área. A bola desviou em Alex Santana e acertou o travessão!

O panorama da partida só mudou após aos 32′. Desde o início, o árbitro havia sido rigoroso na distribuição de cartões para o lado do Athletico. Um dos amarelados era Thiago Heleno, que desta vez parou com falta um contra-ataque, levou mais uma advertência e o vermelho.

A partir daí, o Athletico teve que se recompor em campo e acabou diminuindo o ritmo. O Alianza tentou se aproveitar, mas mesmo com um homem a mais, não conseguiu ameaçar a meta defendida por Bento.

Já nos instantes finais, foi o Furacão quem teve as melhores chances, em dois chutes de Pablo. Mas o goleiro do adversário manteve o placar fechado.

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS