Mais três pontos para a conta! O Rubro-Negro foi até o Mineirão, na noite deste sábado (27), e venceu o Cruzeiro por 2 a 0, pela 12ª rodada do Brasileirão. Jonathan e Bruno Guimarães marcaram os gols athleticanos.

Agora, o foco é a Conmebol Libertadores. O jogo decisivo diante do Boca Juniors, pelas oitavas de final, será na próxima quarta (31), às 21h30, na Bombonera.

Pelo Brasileirão, o Furacão não joga pela 13ª rodada, devido à viagem para o Japão. O próximo compromisso pela competição nacional será no dia 11 de agosto [domingo], às 16h, no Estádio Nilton Santos.

Os primeiros minutos de jogo foram de Furacão absoluto no ataque. Com a posse da bola, o Athletico buscou os espaços na defesa cruzeirense.

Aos 8’, a chance veio em cobrança de escanteio. Rony cobrou e Pedro Henrique desviou de cabeça à esquerda.

Cinco minutos depois, Nikão quase marcou. Ele bateu de perna esquerda, de fora da área. A bola passou muito perto, à direita do goleiro Rafael.

Aos 29’, Nikão chegou de novo com perigo. E como resultado, saiu o gol. Ele invadiu a área e foi derrubado. Pênalti! Jonathan cobrou com categoria, deslocando o goleiro! 1 a 0!

O gol mudou pouco o panorama do primeiro tempo, com o Rubro-Negro seguindo buscando o ataque.

A última jogada perigosa da etapa inicial foi do Cruzeiro, aos 45’. Mauricio tocou perigosamente para meio da área atleticana e Pedro Henrique fez o corte.

A segunda etapa começou com o time da casa disposto a buscar mais o ataque. E com isso, o Furacão tinha mais espaços.

Aos 8’, Rony avançou pela esquerda, em contra-ataque. Ele tocou para o Nikão do outro lado. O camisa 11 puxou para o meio e bateu de perna esquerda, mas o goleiro segurou firme!

Três minutos depois, Rony quase marcou. Ele bateu da entrada da área, mas a bola explodiu no travessão!

Aos 18’, a oportunidade veio com o Bruno Nazário. Ele girou bonito na área, mas o goleiro fez a defesa.

A torcida pressionava o time da casa. E quem aproveitou foi o Furacão, para “matar o jogo”. Aos 31’, em uma linda troca de passes, Bruno Guimarães tabelou com o Bruno Nazário e o Marcelo. Na cara do gol, chutou na saída do goleiro! Placar final: 2 a 0!