23.7 C
Curitiba
quarta-feira, 22 maio 2024

Implementada em 2021, Venda Digital alcança 31 mil transferências de veículos

A Venda Digital, tecnologia disponibilizada pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), já viabilizou 31.181 procedimentos desde janeiro de 2021, quando foi implementada, além de 5.164 comunicações de vendas.

Ela agiliza o processo de transferência direta de propriedade de veículos, conhecido como ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade de Veículos). A tecnologia está disponível apenas para documentos emitidos a partir de 4 de janeiro daquele ano. Naquela data, o antigo Documento Único de Transferência (DUT) foi substituído por sua versão digital.

Por meio desta ferramenta, não é necessário reconhecimento de firma em cartório, pois a CDT realiza a identificação do comprador e vendedor por meio da biometria. O cidadão precisa apenas agendar atendimento e comparecer ao Detran para realizar a vistoria e finalizar a transferência. 

“Isso demonstra que os paranaenses estão aderindo e confiando nessa nova tecnologia, que torna esse processo de transferência muito mais simples, ágil e seguro para as partes envolvidas”, afirma o diretor-presidente do Detran-PR, Adriano Furtado.

Na região Sul, apenas Santa Catarina ainda não adotou a ferramenta. Em todo o País, são 20 estados habilitados.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS