Oito importantes espaços de convivência da população de Curitiba vão receber obras de revitalização na iluminação pública a partir de novos projetos luminotécnicos desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Obras. Serão executados trabalhos de troca de cabeamento e de luminárias (LED) no Jardim Botânico e nas praças Oswaldo Cruz, Brigadeiro Eppinghaus, Abílio de Abreu, Colonização Menonita, Redentor (Praça do Gaúcho) e San Marco, além da instalação de lâmpadas de alto rendimento no Parque Atuba.

“O objetivo das intervenções é fazer com que as pessoas voltem a ocupar os espaços públicos, caminhar ou praticar atividades esportivas no período noturno com mais segurança”, comentou o diretor do Departamento de Iluminação, Fábio Ribeiro de Camargo. As obras devem começar ainda neste primeiro semestre. “Estamos no processo final de licitação, avaliando documentos das empresas de cada um dos cinco lotes de obras”, explicou.

O Jardim Botânico é a atração turística mais apreciada de Curitiba, com mais de um milhão de visitantes por ano. O Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras Públicas vai instalar no local 106 luminárias viárias dotadas com lâmpadas LED de diferentes potências. Serão 74 luminárias com lâmpadas LED de 40 watts, 24 luminárias de 220 watts e 8 luminárias de 200 watts distribuídas por toda a extensão do parque e também para o velódromo. “Para fazer o projeto do Jardim Botânico tivemos que nos atentar a um fato recorrente no local: o furto de cabos – que tem comprometido bastante a iluminação pública. Por isso o novo projeto tentará minimizar essa situação”, explicou o diretor.

Na Praça Oswaldo Cruz, que passa por revitalização no ginásio de esportes e área da piscina, serão instaladas em toda a sua extensão 53 luminárias decorativas, 4 luminárias viárias com lâmpadas de LED de diversas potências (40, 60 e 150 watts) e projetores para a pista de atletismo. Na Praça Brigadeiro Epinghaus  (Juvevê), onde são realizados eventos gastronômicos e esportivos e o local é bastante frequentado por famílias e crianças, serão instaladas 66 luminárias decorativas com lâmpadas LED. Também serão substituídas as lâmpadas e fiações dos superpostes e suas pétalas de luz.

Na Praça dos Menonitas, importante local de encontro para a comunidade do Boqueirão, serão colocadas 68 luminárias, sendo 32 decorativas e 36 viárias, com lâmpadas de LED e potências diversas (40, 60 e 100 watts), e também 8 luminárias viárias com lâmpadas de vapor metálico de 100 e 250 watts. Para o segundo semestre está prevista a licitação da construção de uma nova pista de skate na praça, que será custeada a partir de emenda de vereadores, que somam R$ 400 mil, e com projeto arquitetônico doado por um empresário da região ligado ao esporte. Na Praça Abílio de Abreu (Guabirotuba) mais 72 luminárias viárias com lâmpadas LED serão colocadas.

Na Praça do Redentor, mais conhecida por Praça do Gaúcho (Bairro São Francisco), ocorrerá a instalação de 18 luminárias decorativas com lâmpadas LED de 60 watts, uma luminária viária com lâmpada de vapor metálico de 250 watts e mais um poste republicano com cinco luminárias e lâmpadas LED de 60 watts. A rede de distribuição de iluminação que fica em frente aos bares na praça será enterrada.

A Praça San Marcos é um importante ponto de Santa Felicidade. Situada em frente à Rua da Cidadania e também ao terminal de ônibus, a praça abriga feiras de artesanato e de produtos orgânicos além de possuir equipamentos para a diversão da criançada, como parquinho e espaço para brincadeiras. A San Marcos vai receber 16 luminárias com lâmpadas LED de 60 watts, dois projetores para piso com lâmpadas LED de 55 watts e outros 4 projetores com lâmpadas de vapor metálico de 400 watts.

Por fim, o Parque Atuba, que foi construído para preservar uma região de fundo de vale existente na divisa entre Curitiba e Colombo, vai receber 97 luminárias viárias com lâmpadas de vapor metálico de 100 watts na pista de caminhada e outros 32 superpostes (11 com duas luminária com lâmpadas de vapor metálico de 400 watts e outros 21 com três luminárias com lâmpadas de vapor metálico 400 watts) também serão instalados. O parque possui áreas de lazer e recreação com pistas para caminhada, churrasqueiras, canchas esportivas e estacionamento.

O trabalho de revitalização de iluminação pública nesses pontos deverá ser executado em 150 dias após iniciado, com exceção da Praça Abílio de Abreu que tem prazo estipulado em 90 dias, segundo informações do engenheiro Celso Noso, responsável pelo acompanhamento das obras. As intervenções foram alinhadas com o Departamento de Parques e Praças da Secretaria de Meio Ambiente, que cuida da manutenção dos espaços.

As intervenções em parque e praças integram o Plano de Iluminação Pública de Curitiba lançado pelo prefeito Gustavo Fruet ano passado e que tem resultado em importantes obras no setor em todas as regionais da cidade. Destaque para o restauro da iluminação no Parque Tanguá e Barigui, implantação de sistema inteligente de iluminação no parque São Lourenço, além de melhoria e ampliação na iluminação de diversas praças e ruas. Os parques Tingui e Lago Azul também estão recebendo obras neste sentido.