Na estreia em casa no Brasileirão 2022, o Athletico fez uma partida equilibrada contra o Atlético Mineiro. Mas o adversário conseguiu aproveitar uma de suas chances e conseguiu o resultado favorável, pelo placar de 1 a 0.

O Furacão teve uma boa atuação e criou boas oportunidades de gol. Mas um gol no início da segunda etapa deu a vitória ao atual campeão nacional.

O Rubro-Negro volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado (23), contra o Flamengo, novamente no Joaquim Américo. Antes, tem a estreia pela Copa do Brasil. O adversário será o Tocantinópolis, fora de casa, na próxima quarta-feira (20).

Foi um duelo disputado com equilíbrio total desde o início. Os dois times trabalhavam bem a bola, mas não conseguiam criar oportunidades claras.

O Furacão chegou com mais perigo em um chute de fora da área de David Terans, aos 14′, e em uma cabeçada de Vitinho, aos 17′. O Galo teve sua melhor chance aos 43′, em um toque de letra de Nacho, mas Bento estava atento e fez boa defesa.

Na etapa final, o Rubro-Negro levou perigo ao gol adversário logo no primeiro minuto. Hugo Moura roubou a bola no meio de campo e Terans chutou cruzado de fora da área, por cima do travessão.

Mas no lance seguinte, saiu o gol que definiu o placar. Aos 3′, Zaracho recebeu na área e bateu colocado, por cobertura, e acertou o ângulo.

O Athletico buscou a reação e chegou com perigo em um chute de fora da área de Hugo Moura.

O técnico Fábio Carille alterou a equipe, com as entradas de Tomás Cuello, Léo Cittadini, Pablo e Marlos. O Furacão voltou a ameaçar em chutes de fora da área.

Já no final da partida, aos 35′, Vitor Roque entrou em campo para sua estreia e também levou perigo com muita movimentação. Foi dele a última finalização rubro-negra, aos 49′, em um chute que deu muito trabalho ao goleiro Everson.