16.2 C
Curitiba
segunda-feira, 24 junho 2024

Mobilização: Paraná lança nova campanha de combate à dengue

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), lançou nesta quarta-feira (22) a nova campanha de combate à dengue. A data foi escolhida devido ao Dia D de mobilização estadual de combate à doença promovido pela pasta, este ano em 22 de novembro.

A campanha inclui peças publicitárias e materiais gráficos com o tema “Paraná contra a dengue”, reforçando a importância de cada cidadão fazer a sua parte para acabar com o mosquito Aedes aegypti – o enfrentamento da dengue precisa ser intersetorial, envolvendo o poder público e a sociedade.

O boletim semanal, divulgado nesta terça-feira (21), mostra que o Paraná registra 25,2 mil notificações, 3.091 casos e uma morte pela doença.

A campanha foi lançada no Teatro Mãe de Deus, em Londrina, pelo diretor-geral e secretário em exercício da Sesa, César Neves. “Lançamos hoje essa campanha que busca relembrar hábitos simples que são fundamentais no combate a dengue. Esse é um movimento contínuo de toda sociedade na conscientização sobre as ações que podem ajudar a evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti”, disse.

Os materiais reforçam ações como não deixar água parada, manter os quintais limpos e as lixeiras tampadas, colocar areia nos vasinhos de plantas, não deixar água e folhas acumuladas nas calhas, manter as caixas d’água limpas e tampadas, lavar os potes de água dos animais pelo menos duas vezes por semana, entre outras ações.

O assessor técnico do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e coordenador da Câmara Técnica de Vigilância em Saúde Ambiental, Fernando Avendanho, falou a relevância destas ações. “Isso mostra o quanto o Paraná se importa com essa luta. O trabalho do controle vetorial é essencial para conseguirmos êxito e diminuir a carga da doença no Estado e em todo o País”, afirmou.

A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes, ressaltou as ações de mobilização. “Temos o Comitê Intersetorial de Combate a Dengue no Paraná envolvendo diversos órgãos porque sabemos que só vamos conseguir enfrentar a dengue, acabar com novos casos e óbitos, se estivermos juntos. Cada um tem que fazer a sua parte e essa campanha vem ao encontro com isso, reforçando os cuidados para evitar os criadouros do mosquito”, disse.

INVESTIMENTO – O Estado também empenhou R$ 50 milhões por meio do Programa Estadual de Fortalecimento da Vigilância em Saúde (Provigia) para auxiliar as prefeituras com medidas de controle e atendimento. Destes, R$ 35 milhões já foram repassados e R$ 15 milhões serão adiantados aos municípios que cumprirem a meta de ações de combate às arboviroses.

PRESENÇAS – Participaram do lançamento o vice-prefeito de Londrina, João Mendonça; o secretário municipal de saúde de Marumbi, representando o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR), André Luis Campitelli; o vice-reitor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Airton José Petris; a representante da coordenação-geral de Arboviroses do Ministério da Saúde, Maysa Mabel Fauth; o presidente do Conselho Estadual de Saúde e diretor-presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Paraná (Fehospar), Rangel da Silva; o gerente executivo do Sesc Londrina, Everson Nunes Furtado; a coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Lúcia Belmonte; a diretora da 17ª Regional de Saúde de Londrina, Maria Lúcia da Silva Lopes; o promotor de Justiça do Ministério Público do Paraná, Daniel Pedro Lourenço; servidores da Sesa, de municípios da Região, da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e do Hospital Universitário de Londrina.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS