26.7 C
Curitiba
quarta-feira, 24 abril 2024

Mutirão de castração de animais tem vagas disponíveis para cirurgias gratuitas em Curitiba

Quem ainda não fez a castração do cão ou gato ainda pode aproveitar o mutirão que a Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba está fazendo no Centro de Esporte e Lazer (CEL) Avelino Vieira, no Bacacheri, na Regional Boa Vista. As cirurgias gratuitas vão até sábado (9/3) e os agendamentos devem ser feitos pelo site da Rede de Proteção Animal

São três horários que podem ser agendados para as castrações, às 8h, 10h e 13h. De acordo com a equipe, ainda existem vagas disponíveis. A capacidade da unidade móvel de castração é para fazer 200 atendimentos por dia.

Entre os dias 18 e 30 de março, o mutirão será feito na Regional Boqueirão, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 8.430. As inscrições também devem ser feitas pelo site da Rede de Proteção Animal, no link de eventos. No Boqueirão são 2.400 vagas disponíveis.

Como funciona

Duas unidades móveis, um ônibus com centro cirúrgico e outro para o pós-operatório estão parados no estacionamento do CEL Avelino Vieira desde terça-feira (5/3). A equipe contratada pela Prefeitura para trabalhar no mutirão de castração é formada por 21 pessoas, sendo 12 veterinários.

Os pets passam primeiro pela triagem, depois pela pré-anestesia, cirurgia e pós-cirurgia. A equipe explica como funciona o procedimento e a anestesia, o que os animais podem sentir e como será a medicação pós-operatória. 

Desde 2017, o Programa Municipal de Castração Gratuita da Prefeitura já beneficiou mais de 117,8 mil cães e gatos.

Serviço importante

As cachorras Daya, Pitel e Gaia saíram castradas e com o microchip de identificação do mutirão. A tutora delas, Ana Carolina Brasil, conheceu pela primeira vez esse serviço gratuito da Prefeitura de Curitiba. 

“Esse serviço é muito importante. Já temos muitos animais abandonados nas ruas e com a castração também cuidamos da saúde das cachorras. Fiquei sabendo aqui do mutirão por uma protetora de animais, que me avisou”, disse Ana. 

Lurdes Aparecida Penczkoski levou a cachorra Nina, de 7 meses, para ser castrada. “Adotamos ela, a Nina é nosso amor. Essa é a primeira vez que venho no mutirão, estou gostando, fui chamada antes do horário previsto. Muito bem organizado. É um serviço 100% importante da Prefeitura, tem muita gente que ainda abandona os animais e aqui estamos cuidando da saúde dos nossos amigos”, contou Lurdes. 

A veterinária Juliana Kravetz, da Rede de Proteção Animal, explica que a castração é importante por vários fatores. “Uma das principais é evitar as crias indesejadas e também cuidar da saúde do animal. A castração evita doenças de infecção do útero e tumores de testículos. Também reduz a incidência de tumor de mama. Aqui as pessoas também aprendem mais sobre a guarda responsável dos pets”, afirmou Juliana. 

Microchipagem

Todos os animais que fazem a cirurgia de castração também recebem um microchip eletrônico de identificação implantado, onde são gravados o nome e dados dos responsáveis pelo animal. O microchip passa a ser o RG do pet e ajuda na identificação em caso de fugas, furtos ou abandono.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS