18 C
Curitiba
terça-feira, 23 abril 2024
Início Site

Com golaço e muita raça!

Foi uma verdadeira batalha na Ligga Arena! Na raça, no coração e na bola, o Furacão superou o Internacional neste domingo (21). Um chutaço de Canobbio definiu a vitória do Athletico por 1 a 0 e garantiu mais três pontos no Brasileirão.

Além do golaço, o que garantiu o triunfo foi uma atuação de gala do sistema defensivo rubro-negro. Thiago Heleno, em uma jornada de excelência, comandou a retaguarda, que ainda teve em Bento e Kaique Rocha duas figuras notáveis.

O triunfo deixa o Furacão com seis pontos conquistados e entre os primeiros colocados na classificação. O próximo desafio pelo Brasileiro está marcado para domingo (28), contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS).

Antes, tem duelo pela CONMEBOL Sudamericana! Na quarta-feira (24), o Rubro-Negro enfrenta o Danubio, no Uruguai, às 19h.

O Jogo

O primeiro tempo foi de muita disputa e poucas chances. O Athletico buscava o ataque, mas esbarrava em uma bem posicionada defesa do Inter. O time gaúcho, além de ameaçar em lances pontuais, aproveitava cada oportunidade para amarrar a partida e gastar tempo.

As melhores chances de gol do Furacão aconteceram já nos minutos finais, em dois chutes de Cuello. Na primeira, o goleiro Rochet quase deu rebote para Canobbio, mas conseguiu se recuperar. Na segunda, a bola passou muito próxima à trave e foi para fora.

Após o intervalo, o Rubro-Negro voltou ao campo com Christian e Zapelli nos lugares de Cuello e Julimar. As mudanças deram resultado e as oportunidades começaram a aparecer desde o início da etapa final.

Em uma falta lateral batida por Zapelli, Christian quase conseguiu desviar na segunda trave. Em outra bola levantada na área, Kaique Rocha aproveitou a sobra e mandou de primeira, por cima do gol. E em um chute cruzado de Esquivel, o goleiro do Inter desviou e ainda conseguiu defender a cabeçada de Christian no rebote.

Mesmo com o Furacão melhor em campo, o adversário também era perigoso nos contra golpes. Em um chute de Borré, Bento fez boa defesa. O mesmo Borré pegou o rebote e bateu para o gol, mas Thiago Heleno estava lá para salvar em cima da linha.

Até que, aos 25′, veio o lance que definiu o marcador. Fernandinho acionou Canobbio pela direita. Na entrada da área, o uruguaio dominou e tentou o passe para Pablo, que entrava pelo meio. A bola bateu em Robert Renan e voltou para Canobbio, que limpou a marcação e, com a perna esquerda, mandou o chute mortal. Na gaveta!

Atrás no placar, o Inter mudou sua postura. Agora com pressa de atacar, o time gaúcho foi em busca do empate. E a pressão aumentou ainda mais depois que Canobbio recebeu dos cartões amarelos em sequência e acabou expulso, aos 41′.

A arbitragem ainda deu oito minutos de acréscimos. E com um homem a menos, o Athletico se desdobrou para segurar o ataque colorado. Já aos 50′, Borré acertou uma cabeçada que explodiu na trave. A vitória era mesmo rubro-negra!

Empate no Moisés Lucarelli

Neste domingo (21), o Coritiba foi até Campinas enfrentar a Ponte Preta, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Coxa criou boas chances na partida, principalmente na segunda etapa, mas o confronto de estreia terminou empatado em 1 a 1. Lucas Ronier marcou o gol do Coritiba.

O próximo jogo do Coxa é no domingo (28), contra o Brusque, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, no Couto Pereira. O check-in para o Sócio Coxa marcar presença na partida já está aberto. 

O jogo

Para a estreia do Coxa no Brasileiro 2024, o técnico Guto Ferreira escalou o alviverde com: Pedro Marsico, Natanael, Mauricio Antonio ©, Bruno Melo, Jamerson, Morelli, Vini Paulista, Matheus Frizzo, Figueiredo, David e Leandro Damião.

No início da partida, o time alviverde trabalhava com a posse de bola e com troca de passes rápidos para avançar na marcação. Aos 13’, a Ponte Preta abriu o placar com gol de Joilson.

O confronto ficou truncado e sem grandes chances para as equipes. O Coritiba manteve a maior posse de bola, mas a defesa da equipe adversária não deixava o alviverde chegar com perigo e cortava as jogadas ainda no meio-campo. 

Aos 30’, uma chance do Coxa. Figueiredo recebeu na esquerda, cortou para o meio e bateu de longe. A finalização passou perto, à esquerda do gol, e foi pela linha de fundo.

Segundo tempo

O Coxa voltou para a etapa complementar com boa movimentação e, aos 5 minutos de jogo, Leandro Damião quase deixou tudo igual no placar. Após falta cobrada por Mauricio Antonio, o camisa 9 subiu para cabecear, a defesa adversária tirou a bola praticamente em cima da linha. 

Pressionando, o Coritiba teve duas grandes chances de empatar o jogo aos 8 e 9 minutos. No primeiro lance, Jamerson chegou na grande área batendo de primeira. Já a segunda chance foi pelos pés de Vini Paulista que procurou passe em profundidade para Matheus Frizzo, mas a defesa da Ponte Preta chegou e cortou a jogada. 

O empate alviverde não demorou para sair. Aos 13’, após cobrança de falta, a defesa afastou a bola, mas a sobra ficou com Lucas Ronier. O camisa 98 cortou para o meio e bateu com precisão de direita, a bola ainda desviou na marcação, e foi para dentro do gol.

O Coritiba continuou com boa posse de bola e controlando o jogo. Aos 37’, o Coxa chegou a balançar as redes com Brandão, mas a arbitragem assinalou impedimento na jogada, e o VAR confirmou, anulando o gol alviverde. 

Aos 38’, quase a virada! Matheus Frizzo fez grande jogada e rolou a bola para o meio buscando por Brandão. A zaga adversária chegou afastando a investida coxa-branca, mas no rebote, Vini Paulista chegou batendo de primeira, o goleiro defendeu.

Após 5 minutos de acréscimos, o árbitro finalizou o jogo.

Agências do Trabalhador têm 17,4 mil vagas em todas as regiões do Paraná

As Agências do Trabalhador e postos avançados do Paraná começam a semana pós-Tiradentes com a oferta de 17.425 vagas de emprego com carteira assinada. A maior parte é para alimentador de linha de produção, com 4.207 oportunidades. Na sequência, aparecem as de abatedor de porco, com 655 vagas, vendedor de comércio varejista, com 609, e repositor de mercadorias, com 593.

A Grande Curitiba concentra o maior volume de postos de trabalho disponíveis (4.551). São 370 vagas para alimentador de linha de produção, 302 para operador de telemarketing ativo, 300 para operador de telemarketing receptivo e 293 para vendedor de comércio varejista.

Agência do Trabalhador Central, na Capital, oferta 100 vagas para profissionais com ensino superior e técnico em diversas áreas, com destaque para as funções de operador bilíngue, com 30 vagas, soldador (com curso técnico na área), com 20, agente administrativo (com curso técnico em administração), com 10. Há ainda ofertas para personal training, desenhista técnico, supervisor de almoxarifado, nutricionista, professor de jardim de infância e confeiteiro.

A Região de Cascavel concentra 4.461 nesta semana. São 1.147 oportunidades para alimentador de linha de produção, 446 para abatedor, 165 para magarefe e 153 para servente de obras. 

Londrina (1.695), Campo Mourão (1.613), Foz do Iguaçu (1.365) e Pato Branco (1.181) têm mais de mil ofertas cada. Em Londrina, as funções que lideram as ofertas de vagas são alimentador de linha de produção, com 445 vagas, trabalhador da cultura de cana de açúcar, com 100, motorista de caminhão, com 60, e operador de caixa, com 63 oportunidades.

Em Campo Mourão, os destaques são para alimentador de linha de produção (613), trabalhador da manutenção de edificações (123), abatedor (108) e magarefe (82). Na região de Foz do Iguaçu, há oferta de emprego para as funções de alimentador de linha de produção, com 497 oportunidades, repositor de mercadorias, com 91, operador de caixa, com 74, e servente de obras, com 58.

Em Pato Branco, são ofertadas 361 vagas para alimentador de linha de produção, 60 para trabalhador da avicultura de corte, 57 para operador de caixa e 47 para servente de obras.

Em Ponta Grossa, com 92 vagas, os destaques são as buscas por montador de equipamentos elétricos (30) e armador de estrutura de concreto (5). Em Maringá, há oferta para soldador e vendedor do comércio. Em Jacarezinho são 101 oportunidades para trabalhador volante da agricultura.

Confira a distribuição por vagas AQUI .

Quarta parcela do IPVA para veículos com placas 7 e 8 vence nesta segunda-feira

O prazo para pagamento da quarta parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024 de veículos com final de placa 7 e 8 encerra-se nesta segunda-feira (22). A Secretaria da Fazenda e Receita Estadual do Paraná orientam os contribuintes que optaram pelo parcelamento em cinco vezes a ficarem atentos às datas de vencimento, que variam de acordo com a placa dos automóveis.

Assim como já ocorria em anos anteriores, as guias de recolhimento (GR-PR) não são enviadas pelos correios. A Fazenda e a Receita também não encaminham boletos por e-mail nem aplicativos de mensagens.

Os contribuintes do Paraná devem gerar os boletos por meio dos canais oficiais, como o Portal IPVA, os aplicativos Serviços Rápidos, da Receita Estadual, e Detran Inteligente, disponíveis para Android e iOS, ou Portal de Pagamentos de Tributos.

OPÇÕES – Uma das alternativas de pagamento do IPVA é o pix, por meio do QR Code inserido na guia de recolhimento, a partir de mais de 800 instituições financeiras. O pagamento nessa modalidade é compensado em até 24 horas e pode ser feito nos canais eletrônicos dos bancos ou por meio de aplicativos, não limitados aos parceiros do Estado.

Além disso, é possível pagar o IPVA com cartão de crédito, que permite parcelar os débitos em até 12 vezes. Neste caso, a Fazenda e a Receita chamam a atenção para as taxas cobradas pelas instituições operadoras. A tabela dos juros aplicados pelas empresas está disponível AQUI.

ALÍQUOTA – A alíquota do IPVA no Paraná é fixada em 3,5% sobre o valor venal de carros e motos em geral. Para ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou movidos a gás natural veicular (GNV) a alíquota é de 1%.

São tributados os veículos fabricados nos últimos 20 anos, ou seja, de 2004 em diante. Há isenção para algumas categorias específicas, como ônibus de transporte público, veículos de transporte escolar e veículo de propriedade de pessoas com deficiência, entre outros.

O IPVA representa uma das principais fontes tributárias do Estado e 50% de sua arrecadação é destinada aos municípios.

ATRASO – Em caso de atraso, a multa é de 0,33% ao dia mais juros de mora (de acordo com a taxa Selic). Após 30 dias, o percentual é fixado em 10% do valor do imposto.

SITES FALSOS – A Secretaria da Fazenda alerta os contribuintes sobre a existência de sites falsos relacionados à cobrança do IPVA. A recomendação é que as guias de pagamento sejam sempre geradas por meio dos sites oficiais, cujos endereços terminam com a extensão “pr.gov.br”, ou através dos apps da Receita Estadual e do Detran.

Confira o calendário da quarta parcela do IPVA 2024 por final de placa:

1 e 2 – 17/04 (vencida)

3 e 4 – 18/04 (vencida)

5 e 6 – 19/04 (vencida)

7 e 8 – 22/04

9 e 0 – 23/04

Zoo de Curitiba participa de programação internacional em prol da sustentabilidade

O Zoológico Municipal de Curitiba terá uma programação especial agora em abril. A partir deste sábado (20/6), começa a programação da comunidade Ciclo Siete, um grupo de 22 países ibero-americanos unidos em prol da conservação da natureza e do cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). As ações acontecem há dez anos, no fim de abril.

Os participantes são convidados a montar uma programação de uma semana, que é compartilhada no site da comunidade e nas redes sociais, com o uso da hashtag #CicloSiete. Já são sete anos de participação do Zoo de Curitiba nas ações.

Neste ano, a programação será de 20 a 26 de abril. No sábado (20/4), as ações ocorrerão das 10h às 12h e das 13h30 às 15h30, no Centro de Educação Ambiental do Zoo. O tema da atividade é Tráfico de Animais Silvestres: isso deveria incomodar todos nós.

Na terça-feira (23/4), pela manhã, haverá a soltura de aves nativas resgatadas dentro do Educant, Linhas do Conhecimento – CEI Prof Ritta Anna de Cássia. Serão soltas rolinhas, canário-da-terra, bem-te-vi, sanhaço-cinzento e gavião-carijó.

Quinta-feira (25/4), pela manhã e à tarde, haverá oficina ambiental com estudantes de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Na sexta-feira, dia 26, o programa Linhas do Conhecimento levará as crianças do 4º ano da Escola Municipal João Amazonas para fazer uma visita orientada no Zoo.

Fechando a programação, na sexta-feira (26/4), o Centro de Educação Ambiental do Zoo vai receber à tarde estudantes do Colégio Amplação.

Agenda completa

Sábado (20/4) e domingo (21/4)
Atividade: Tráfico de Animais Silvestres: isso deveria incomodar todos nós
Horário: das 10h às 12h e 13h30 às 15h
Local: Centro Educação Ambiental Zoo

Terça-feira (23/4)
Manhã: Educant Linhas do Conhecimento – CEI Prof Ritta Anna de Cássia
Manhã: Soltura de aves nativas resgatadas

Quarta-feira (24/4)
Manhã e tarde: Oficina Ambiental Universidade Estadual de Ponta Grossa – Estudantes Ciências Biológicas

Quinta-feira (25/4)
Tarde: Visita Orientada no Zoo com o Linhas do Conhecimento – Escola Municipal João Amazonas

Sexta-feira (26/4)
Tarde: Atendimento no Centro de Educação Ambiental Zoo – Colégio Amplação

Serviço: atividades de sustentabilidade do Ciclo Siete no Zoo
Data: de 20 a 26/4 (fechado para manutenção na segunda 22/4)
Horário: das 10h às 16h
Entrada gratuita
Local: Zoológico de Curitiba (Rua João Miqueletto, 1.500 – Alto Boqueirão)

Ana Carolina faz homenagem a Cássia Eller no palco do Guairão nesta sexta

Nomear uma turnê nem sempre é uma tarefa fácil para um artista. Para Ana Carolina, porém, foi diferente. “Ana canta Cássia – Estranho Seria Se Eu Não Me Apaixonasse Por Você” é um nome simples de um show inteiramente dedicado ao repertório de incontáveis sucessos da inigualável Cássia Eller, revisitados na voz de uma das mais importantes cantoras da Música Popular Brasileira. O show acontece nesta sexta-feira (19) no Teatro Guaíra.

Mais do que cantar o repertório de Cássia, Ana faz uma viagem no tempo. A turnê é uma conexão direta com a jovem garota mineira, que aos 16 anos ouviu Cássia pela primeira vez, apaixonou-se e nunca mais deixou de ser fã de camiseta. “São sentimentos muito contraditórios quando penso neste show. Primeiro, jamais imaginei que seria possível um dia poder cantar o repertório da Cássia. Obviamente era um sonho íntimo. Quis o destino que esse projeto surgisse e fosse sugerido justamente para mim”, diz Ana Carolina.

Ela se apresenta ao lado de uma banda composta Juliano Valle (teclados, programações, voz), Theo Silva (guitarras e violões), Lancaster Pinto (baixo e voz), Thiago Faria (violoncelo e voz), Cesinha (bateria, cajon, Kokoriko e voz), Leonardo Reis (percussão, cajon, Kokoriko e voz).

O show dirigido por Jorge Farjalla tem cinco atos, que são conduzidos por músicas que remetem a cada um deles: “Cartas”, logo na abertura, traz canções que se comunicam em estado de poesia pura; “Palavras” começa a investigar outros universos das duas cantoras, incluindo a paixão mútua pelo samba; “Sabotagem” é um momento da Cássia debochada e cheia de questionamentos sobre o status quo; “Girassol” traz de volta a delicadeza para a coroar a celebração; e o último bloco é um bis cheio de surpresas que serão desvendadas com a estreia da turnê.

Para chegar no repertório, Ana Carolina estudou a extensa discografia por meses até chegar num setlist ideal que retratasse a grandeza de Cássia Eller. “Tocamos as versões originais à exaustão para entender minuciosamente cada uma delas. Só aí que começamos a repensar em arranjos, para trazer uma releitura que conversasse comigo e que não renunciasse o DNA de Cássia em nenhum momento”, complementa.

Ana Carolina é cantora, compositora, arranjadora, produtora, instrumentista, musicista e artista plástica. Lançou seu primeiro disco em 1999 e hoje sua carreira já inclui 12 álbuns, seis DVDs e mais de cinco milhões de discos vendidos. Entre outros, ganhou sete vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, três vezes o Troféu Imprensa e uma vez o Prêmio TIM de Música. O primeiro grande sucesso, “Garganta”, viria já no primeiro álbum. Depois dele, emplacou cerca de 30 singles nas paradas brasileiras.

As composições da artista já foram gravadas por nomes importantes como Maria Bethânia, Gal Costa, John Legend, Esperanza Spalding, Chiara Civello, Jorge Vercillo, Mart’nália, Zizi e Luiza Possi, Pedro Camargo Mariano, Preta Gil, entre outros. Em suas composições fez parcerias com Seu Jorge, Luiz Melodia, Gilberto Gil e Guinga, entre muitos outros.

Cássia morreu aos 39 anos em 29 de dezembro de 2001, após um infarto do miocárdio causado por uma malformação de seu coração. O álbum mais bem-sucedido dela foi o “Acústico MTV” (2001), com mais de um milhão de cópias vendidas e um prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock.

Serviço:

Apresentação: 19 de abril de 2024, às 21h

Local: auditório Bento Munhoz da Rocha Neto (Guairão)

Tempo de duração do espetáculo: uma hora e trinta minutos

Classificação: 16 anos

Ingressos AQUI

4ª parcela do IPVA de veículos com final de placa 5 e 6 vence nesta sexta-feira

A Secretaria da Fazenda e a Receita Estadual do Paraná informam que esta sexta-feira (19) é o prazo final para pagar a quarta parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024 para veículos com placas terminadas em 5 e 6

Os contribuintes que optaram pelo parcelamento em cinco vezes devem pagar a quarta cota do imposto ao longo desta semana, e até a próxima terça-feira (23), sem a incidência de juros. É importante ficar atento às datas de vencimento, que variam de acordo com o final da placa.

Assim como já ocorria em anos anteriores, as guias de recolhimento (GR-PR) não são enviadas pelos correios. A Fazenda e a Receita também não encaminham boletos por e-mail nem aplicativos de mensagens.

Os contribuintes do Paraná devem gerar os boletos por meio dos canais oficiais, como o Portal IPVA, os aplicativos Serviços Rápidos, da Receita Estadual, e Detran Inteligente, disponíveis para Android e iOS, ou Portal de Pagamentos de Tributos.

OPÇÕES – Uma das alternativas de pagamento do IPVA é o pix, por meio do QR Code inserido na guia de recolhimento, a partir de mais de 800 instituições financeiras. O pagamento nessa modalidade é compensado em até 24 horas e pode ser feito nos canais eletrônicos dos bancos ou por meio de aplicativos, não limitados aos parceiros do Estado.

Além disso, é possível pagar o IPVA com cartão de crédito, que permite parcelar os débitos em até 12 vezes. Neste caso, a Fazenda e a Receita chamam a atenção para as taxas cobradas pelas instituições operadoras. A tabela dos juros aplicados pelas empresas está disponível AQUI.

ALÍQUOTA – A alíquota do IPVA no Paraná é fixada em 3,5% sobre o valor venal de carros e motos em geral. Para ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou movidos a gás natural veicular (GNV) a alíquota é de 1%.

São tributados os veículos fabricados nos últimos 20 anos, ou seja, de 2004 em diante. Há isenção para algumas categorias específicas, como ônibus de transporte público, veículos de transporte escolar e veículo de propriedade de pessoas com deficiência, entre outros.

O IPVA representa uma das principais fontes tributárias do Estado e 50% de sua arrecadação é destinada aos municípios.

ATRASO – A multa é de 0,33% ao dia mais juros de mora (de acordo com a taxa Selic). Após 30 dias de atraso, o percentual é fixado em 10% do valor do imposto.

SITES FALSOS – A Secretaria da Fazenda alerta os contribuintes sobre a existência de sites falsos relacionados à cobrança do IPVA. A recomendação é que as guias de pagamento sejam sempre geradas por meio dos sites oficiais, cujos endereços terminam com a extensão “pr.gov.br”, ou através dos apps da Receita Estadual e do Detran.

Confira o calendário da quarta parcela do IPVA 2024 por final de placa:

1 e 2 – 17/04 (vencida)

3 e 4 – 18/04 (vencida)

5 e 6 – 19/04

7 e 8 – 22/04

9 e 0 – 23/04

Eleições 2024: inscrições abertas para capacitação da Escola do Legislativo

A proximidade das eleições municipais para prefeito e vereadores e a importância desse evento não apenas para a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) mas para toda a sociedade curitibana motivou a Escola do Legislativo Maria Olympia Carneiro Mochel, em parceria com a Procuradoria Jurídica (Projuris), a promoverem o evento “Eleições 2024 – panorama e perspectivas”. Dividida em três encontros, a capacitação começa na próxima quinta-feira (25). As inscrições são gratuitas. São 120 vagas. 

Conforme a gestora da Escola do Legislativo, Débora Reis Lima, a ideia é reunir agentes públicos, políticos, acadêmicos, magistrados, representantes da sociedade civil organizada e a população em geral. Temas importantes serão abordados durante a capacitação, como participação eleitoral, regras eleitorais e o uso das mais recentes tecnologias nas eleições. Os encontros acontecerão no auditório do Anexo 2 do Legislativo, sempre a partir de 14h, nos dias 25/04, 23/05 e 27/06. 

Para o evento, foram convidados diversos especialistas e também acadêmicos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Na próxima quinta-feira, dia da abertura do evento, está confirmada a presença do presidente do TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), desembargador Sigurd Roberto Bengtsson; e de Régis Sartori, da Coordenação das Promotorias Eleitorais e Núcleo de Atendimento ao Cidadão e às Comunidades do Ministério Público do Paraná (MP-PR). 

Idealizamos o ‘Eleições 2024 – Panoramas e Perspectivas’ com o propósito de ajudar a população a entender o processo eleitoral, com todas as suas nuances, e, com isso, conseguir votar de forma consciente. Vamos reunir diversos especialistas para falar sobre as eleições municipais. O evento é aberto para toda a população”, explicou a diretora Jurídica de Administração e procuradora da CMC, Juliana Fischer.

Do voto consciente às fake news, evento será abrangente

O primeiro dia do evento trará como tema “Participação no Processo Eleitoral”, quando serão debatidos assuntos como cidadania, voto consciente, segurança da urna eletrônica, combate à desinformação e participação das minorias. A mediação será feita pelo procurador jurídico da CMC, Rodrigo Campos Baptista. Para essa discussão, foram convidados Carolina Bagatolli e Huáscar Fialho Pessali, professores da UFPR; e Nahomi Helena de Santana, advogada e membro do Instituto Política por.de.para Mulheres. 

Huáscar Fialho Pessali, professor titular do Departamento de Economia e no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da UFPR, vai proferir a palestra Representação e participação – potenciais benefícios de instituições representativas e participativas”. Já Carolina Bagatolli, mestre e doutora em Política Científica e Tecnológica, vai abordar O que o governo faz, por que ele faz e que diferença isso faz? – Relações entre atores sociais e políticos no processo de uma política pública”. E a terceira palestrante, Nahomi Helena de Santana, da Comissão das Mulheres Advogadas da OAB/PR, vai tratar daDemocracia, representatividade e regras eleitorais. 

Com o tema “Condutas Vedadas”, a aula do dia 23 de maio será mediada pela diretora jurídica de administração da Projuris, Juliana Fischer. A intenção é debater as ações proibidas em virtude da capacidade de interferir na lisura e no equilíbrio das eleições, afetando a igualdade de oportunidades entre os candidatos. Nesta data, a CMC vai receber o professor da UniCuritiba Luiz Gustavo de Andrade, o advogado Fabrício Carneiro e o promotor de Justiça Régis Sartori.

Diretor da Escola Paranaense de Direito (Epadi), Luiz Gustavo de Andrade vai tratar das Atualidades sobre improbidades eleitorais e poder político”. Já a palestra de Fabrício Carneiro, consultor de Diretórios Estaduais e Municipais de Partidos Políticos, vai abordar o mesmo tema. Por fim, Régis Sartori, da Coordenação das Promotorias Eleitorais e Núcleo de Atendimento ao Cidadão e às Comunidades, vai apresentar as condutas vedadas aos agentes públicos nas eleições de 2024. 

O terceiro encontro, de 27 de junho, vai tratar da “Democracia Digital” e será mediado pelo diretor da Projuris, Ricardo Tadao. O objetivo será debater o impacto dos meios digitais no processo eleitoral, com o uso de inteligência artificial, redes sociais e fake news. Os especialistas convidados são o professor da UFPR Rafael Cardoso Sampaio, a procuradora jurídica da CMC, Juliana Fischer, e o advogado Pedro Guimarães. 

Coordenador do grupo de Pesquisa Comunicação Política e Democracia Digital (Compadd), Rafael Cardoso Sampaio vai apresentar o tema A inteligência artificial e os meios digitais nas campanhas regionais. Já Juliana Fischer, que é PhD em Filosofia Política, vai falar sobre “Constitucionalismo digital e os desafios do sistema eleitoral”.

As inscrições para a capacitação “Eleições 2024 – Panoramas e Perspectivas” são gratuitas e podem ser feitas aqui. Ao todo, são ofertadas 120 vagas. Para mais informações, entre em contato com a Escola do Legislativo.  

Escolas estaduais em Curitiba receberão R$ 33 milhões em obras e equipamentos

A Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR), por meio do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Curitiba, formalizou nesta quinta-feira (18) um investimentos de R$ 33 milhões em obras e equipamentos para escolas estaduais situadas na Capital. Na solenidade, realizada no Colégio Cívico-Militar Guido Arzua, no bairro Sítio Cercado, foram confirmados R$ 31,8 milhões para o projeto Escola Mais Bonita, que contempla reformas e melhoria da acessibilidade, já em licitação. Também serão compradas lousas digitais, projetores e suportes, representando um aporte de mais R$ 1,2 milhão. 

O evento contou com a presença de representantes do NRE, diretores, professores e pedagogos, além comunidade escolar e colaboradores da Secretaria da Educação. 

O programa Escola Mais Bonita tem como objetivo atender demandas de serviços emergenciais, inclusive aquelas decorrentes de intempéries climáticas, adequação dos ambientes físicos de acordo com a legislação e também escolas que necessitam de pequenos reparos para manutenção.

No início de 2023, o Governo do Estado anunciou um pacote de R$ 100 milhões para o programa, a fim de garantir que os estudantes e os profissionais da Educação tenham espaços adequados e propícios à aprendizagem e ao convívio da comunidade escolar. Foi o terceiro lote de investimentos liberados pelo Estado no âmbito do programa. Em 2020, ocorreu o primeiro aporte, de R$ 19,2 milhões, valor que aumentou para R$ 25 milhões em 2022 e que, com o montante de 2023, totaliza R$ 144,2 milhões.

INFRAESTRUTURA E TECNOLOGIA – Por meio do Instituto Fundepar, o governo estadual investiu mais de R$ 1,3 bilhão em infraestrutura das escolas da rede estadual em 2023. O montante engloba obras, serviços de engenharia, fornecimento de alimentação escolar, fundo rotativo (direcionado diretamente às instituições), transporte escolar, mobiliário e suprimentos.

O investimento abrange, também, o aprimoramento do ambiente de ensino e aprendizagem, por meio do desenvolvimento de novos projetos de salas climatizadas, renovação de cozinhas e refeitórios, revitalização de quadras de esportes e projetos de sustentabilidade.

Entre os destaques na área está também a aquisição de dispositivos para facilitar a rotina escolar e a aprendizagem. Nos últimos anos foram destinados mais R$ 302 milhões para esse fim. Ao todo, a rede de ensino estadual entregou às escolas mais de 48 mil computadores, 50 mil tablets, mais 20 mil kits de robótica e cerca de 18 mil notebooks.

“A incorporação de tecnologia no ambiente educacional não apenas enriquece o processo de aprendizado, mas também prepara os alunos para os desafios de um mundo cada vez mais digital”, disse o secretário estadual da Educação, Roni Miranda. “Investir em tecnologia educacional não só potencializa as metodologias de ensino, mas também proporciona aos estudantes acesso a ferramentas inovadoras, promovendo uma aprendizagem mais dinâmica e alinhada às demandas contemporâneas”, afirmou ele.

Bons ventos na estreia!

Para começar uma longa jornada, nada melhor que um grande impulso! O Brasileirão começou para o Athletico da melhor maneira possível: com uma vitória por goleada. Neste domingo (14), foi a vez do Cuiabá sentir a força do Furacão e sofrer 4 a 0 na Ligga Arena.

O Athletico teve o controle completo do jogo desde seu início. Já na etapa inicial, encaminhou o resultado positivo com gols de Pablo, Canobbio e Léo Godoy. E em um segundo tempo sem sustos, fechou a conta com mais um tento de Mastriani.

Foi o oitavo triunfo seguido do Rubro-Negro, que tem 100% de aproveitamento desde a chegada do técnico Cuca. Foram 27 gols marcados e apenas dois sofridos. Um bom desempenho para um início de temporada cheia de desafios pela frente!

Na quarta-feira (17), já tem mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro. O adversário será o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre.

O Jogo

Mostrando tranquilidade desde o início da partida, o Furacão foi procurando os espaços na defesa do Cuiabá. Canobbio, Julimar, Pablo e Cuello impunham grande movimentação no ataque e as oportunidades começaram a aparecer.

Julimar mandou uma bomba de fora da área que passou perto da trave. Canobbio também apareceu com perigo e finalizou para fora.

Até que, aos 21′, o adversário não conseguiu mais resistir. Em cobrança de escanteio pelo lado direito, Fernandinho colocou a bola na cabeça de Julimar que tocou para o meio da pequena área. A zaga tentou cortar, mas Pablo estava lá para conferir! Gol de número 70 do artilheiro com a camisa rubro-negra!

Quando o adversário baixou a guarda, o Athletico aproveitou para definir. Aos 36′, a jogada do segundo gol começou pela esquerda, com Julimar. Ele tocou para Pablo, que acionou Fernandinho. O camisa 5 mandou na direita para Léo Godoy, que devolveu de calcanhar. Fernandinho disputou com a zaga, levou a melhor e tocou para Canobbio conferir!

E dois minutos depois, veio o terceiro. Canobbio fez ótima jogada pela direita, entrou na área e mandou um passe perfeito para Léo Godoy. Chute forte, cruzado e sem chances de defesa do lateral rubro-negro e 3 a 0 no placar!

No segundo tempo, o Furacão administrou a vitória, seguiu controlando a partida e não deu chances de reação ao Cuiabá. Fernandinho teve a chance de marcar o seu. Mas foi outro artilheiro quem fechou a conta da goleada.

Aos 35′, em uma falta pela esquerda, Zapelli foi para a cobrança e fez o cruzamento preciso. Na cabeça de Gonzalo Mastriani, que testou com categoria pra estufar a rede e encerrar mais uma grande atuação da equipe rubro-negra!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 4×0 Cuiabá 
Campeonato Brasileiro 2024: 1ª rodada
Data: 14/04/2024 (domingo)
Horário: 16h
Local: Ligga Arena

Público total: 22.169
Público pagante: 21.388
Renda: R$ 704.600,00

Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Michael Stanislau (RS)
Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS)
Árbitro de vídeo: Diego Pombo Lopez (BA)

Athletico Paranaense: Bento; Léo Godoy, Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel; Erick e Fernandinho; Julimar (Alex Santana, aos 27′ do 2º tempo), Canobbio e Cuello (Zapelli, aos 27′ do 2º tempo); Pablo (Mastriani, aos 27′ do 2º tempo)
Técnico: Cuca
Gols: Pablo, aos 21′, Canobbio, aos 36′, e Leo Godoy, aos 38′ do primeiro tempo; Mastriani, aos 35′ do segundo tempo

Cuiabá: Walter; Marllon, Allyson e Alan Empereur; Raylan, Lucas Mineiro, Fernando Sobral (Max, aos 15′ do 2º tempo) (Filipe Augusto, aos 31′ do 2º tempo) e Riquelme; Derick Lacerda (André Luís, aos 15′ do 2º tempo), Dayverson (Pitta, aos 31′ do 2º tempo) e Clayson (Jonathan Cafu, aos 15′ do 2º tempo)
Técnico: Luiz Fernando Iubel
Cartões: Filipe Augusto e Alan Empereur

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br