18.8 C
Curitiba
quinta-feira, 25 abril 2024

Para auxiliar alunos nos vestibulares e Enem, plataforma Leia Paraná ganha novos títulos

Para facilitar o acesso a algumas das obras cobradas nas provas dos principais vestibulares do País e também no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Leia Paraná – plataforma de leitura lançada em fevereiro deste ano pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed-PR) – incluiu neste mês mais dez obras literárias em seu acervo.

Os livros, clássicos da literatura nacional, podem ser acessados gratuitamente por alunos e professores da rede estadual de ensino. Com os novos títulos, a ferramenta passa a ofertar um conjunto de 70 obras voltadas para o público infantojuvenil.

Disponível tanto para dispositivos móveis pelo aplicativo (no Google Play) quanto para computadores pelo site, o acesso aos livros é disponibilizado para os alunos matriculados desde o 6º ano do ensino fundamental até o fim do ensino médio.

Viabilizando o empréstimo de até três livros simultaneamente, a plataforma traz também exercícios elaborados a partir de uma matriz de referência, com objetivo de avaliar a capacidade de compreensão e análise crítica dos estudantes. Ao todo, desde o lançamento, os novos títulos já contabilizam mais de 18 mil empréstimos via plataforma.

“O acesso ágil, a mobilidade e a conveniência viabilizados pelo Leia Paraná possibilitam ao estudante otimizar o tempo de estudos para o vestibular uma vez que não há exigência de deslocamento para buscar pelos materiais impressos”, disse o secretário da Educação, Roni Miranda. “Além disso, as atividades disponíveis na plataforma para a fixação do conteúdo possibilitam um aprendizado mais completo e garantem a melhor preparação para as provas”.

ACESSIBILIDADE E DIVERSIDADE – Lançado em fevereiro de 2023, o Leia Paraná tem por objetivo fomentar a prática da leitura e incentivar o desenvolvimento de atividades pedagógicas a partir do contato com obras de diversas temáticas, disponibilizadas gratuitamente tanto para alunos quanto para professores da rede estadual.

A plataforma conta ainda com recursos inclusivos como audiolivros para estudantes cegos ou de baixa visão, fonte específica para estudantes com dislexia, “modo escuro” e outras possibilidades de alteração do fundo da tela para quem tem daltonismo. Também é possível entrar em clubes de leitura, grifar partes específicas e fazer anotações.

A proposta do programa é ampliar o acesso a livros. Para isso, a Seed-PR selecionou títulos com ampla diversidade temática e áreas de conhecimento, contemplando também best-sellers e livros buscados por crianças e adolescentes, com adequação à faixa etária (11 aos 18 anos).

As obras vão desde clássicos da literatura, como “A volta ao mundo em 80 dias”, de Júlio Verne, ou “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, até quadrinhos, passando por biografias, ficção, romances e livros com conteúdo técnico, ou seja, para todos os gostos. 

A diversidade dos títulos também é de gênero (incluindo obras de 26 autoras) e também de nacionalidade, com obras de todos os continentes, com predominância nacional.

Algumas das obras também são conhecidas por terem inspirados filmes, como “Orgulho e Preconceito” (Jane Austen) e “Os Meninos que Enganavam Nazistas” (Joseph Joffo). Outras foram adaptadas para séries de streaming, como “Anne de Green Gables” (Lucy Maud Montgomery) a “Anne with an E” ou “Ana com A” nas telas.

As novas obras disponíveis são as seguintes:

“Casa de Pensão”, de Aluísio Azevedo

“O Uraguai”, de José Basílio da Gama

“Eu e outras poesias”, de Augusto dos Anjos

“Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis

“Iracema”, de José de Alencar

“Quincas Borba”, de Machado de Assis

“Os Sertões (vol I e II)”, de Euclides da Cunha

“Memórias de um Sargento de Milícias”, de Manuel Antônio de Almeida

“Cartas Chilenas”, de Tomás Antônio Gonzaga

“Tarde”, de Olavo Bilac

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS