O fim da tarde deste domingo (19) foi de comemoração para a torcida coxa-branca. Isso porque o Coritiba venceu o FC Cascavel por 2 a 1, com gols de Guilherme Parede e Robson, na primeira partida da temporada 2020. O jogo foi válido pela primeira rodada do Campeonato Paranaense, no Couto Pereira

Agora o próximo jogo também será em casa, contra o Rio Branco, na próxima quinta-feira (23), às 20h.

O jogo

Para o primeiro jogo da temporada 2020, o treinador Eduardo Barroca escalou o Coxa com alguns atletas que recém-chegaram ao clube e também atletas que já compuseram o time alviverde no ano passado. O Verdão foi a campo com Alex Muralha, Lucas Ramon, Rafael Lima, Sabino, William Matheus, Gabriel, Nathan Silva, Thiago Lopes, Guilherme Parede, Igor Jesus e Rafinha.

Quando a bola rolou, o FC Cascavel surpreendeu e abriu o placar logo no início do primeiro tempo, aos três minutos, com Paulo Baya. O Coxa então se recolocou em campo e foi para cima, buscando o empate.

Por outro lado, o adversário do Coxa também assustava e chegou até a mandar uma bola na trave aos 28’. O Verdão respondeu com Rafinha fazendo bela jogada pela esquerda e mandando para Igor Jesus, que chutou e a bola passou bem perto do gol. Mas o jogo foi para o intervalo com a vantagem da equipe do interior.

Para a etapa complementar, as duas equipes voltaram com a mesma formação. O Coxa buscando o empate, e o Cascavel tentava manter a posse de bola para ficar com o resultado.

Empurrado pela torcida, o Coritiba foi para cima e queria o gol, até que ele saiu. Aos 16’, Gabriel mandou na medida para Guilherme Parede, que aproveitou a chance e mandou para as redes, saindo para comemorar com a torcida. O Verdão teve duas mudanças na equipe, com as entradas de Matheus Galdezani e Robson, nos lugares de Thiago Lopes e Guilherme Parede.

Depois do empate, o Coxa foi melhor no jogo, comandando as ações e buscando ampliar. Robson recebeu de Galdezani aos 20’ e quase fez o segundo gol coxa-branca. Rafinha também teve chance.

A última alteração promovida pelo treinador Barroca foi a entrada de Wellissol no lugar de Nathan Silva.  O Verdão foi para cima querendo virar, mas o time visitante dificultava as ações alviverdes e até mesmo criava boas chances.

Com o jogo aberto, foi a experiência de Rafinha, armando a jogada para a virada, que fez a diferença. O camisa 7 coxa-branca levou a bola, carregou, passou para Wellissol que bateu colocado. O goleiro Raul deu o rebote e Robson estava lá para fazer o segundo gol do Coxa no jogo.