Operação da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) neste final de semana em Curitiba flagrou mais casos de desrespeito às medidas sanitárias. Aglomerações foram dispersadas em pontos públicos como a Praça do Gaúcho e o espaço conhecido como parcão, área atrás do Museu Oscar Niemeyer, somando  969 pessoas não respeitando o distanciamento social e o uso de máscara. Entre a noite de sexta-feira (21) e a noite de domingo (23), 11 pessoas foram encaminhadas por uso de drogas, desobediência, embriaguez ao volante e envolvimento em jogos de azar, além de 10 pontos comerciais irregulares terem sido fechados.

A intensificação da fiscalização da Polícia Militar faz parte de um esforço do Governo do Estado para que as medidas de enfrentamento à Covid-19 sejam cumpridas pela população, principalmente sobre o distanciamento social em locais públicos e estabelecimentos comerciais, além do uso de máscara facial. Neste final de semana, a Aifu reforçou as operações com efetivo para reprimir condutas irregulares e prestar orientações.

As equipes policiais fiscalizaram 18 pontos comerciais da Capital para verificar se seguiam as determinações do Governo do Estado, mas 10 estavam em situação irregular e foram fechados pelos agentes da prefeitura. Também foram lavrados 37 autuações administrativas relacionadas ao desrespeito dos decretos estadual e municipal.

A Aifu abordou 331 pessoas encontradas nos estabelecimentos comerciais e pontos públicos da cidade, sendo que 11 acabaram encaminhadas (10 assinaram Termo Circunstanciado por uso e porte de drogas, desobediência e jogo de azar e uma foi presa por embriaguez ao volante). Nos locais, 969 pessoas foram flagradas em aglomerações. Elas receberam orientações e as equipes dispersaram os grupos.

Houve ainda abordagens e verificações de veículos e condutores nos pontos de atuação, que resultaram em 98 autos de infração de trânsito lavrados e sete veículos que possuíam pendências administrativas foram recolhidos ao pátio até a regularização por parte dos proprietários.

No domingo, a ação foi mais intensa com o apoio dos efetivos da Companhia Tático Móvel de Trânsito (Cotamotran) do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), da Companhia de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (Rocam), que fizeram abordagens e auxiliaram na orientação do trânsito durante o trabalho das equipes da Aifu.

Com o efetivo reforçado, os policiais militares abordaram locais maiores onde há reclamações da população sobre aglomerações, consumo de bebidas alcoólicas e de drogas e perturbação do sossego. As equipes iniciaram o trabalho a partir da Praça Rui Barbosa, seguindo para a Praça do Gaúcho, no bairro São Francisco, o parcão do Museu Oscar Niemeyer e o Parque do Semeador, no Sítio Cercado. As pessoas encontradas sem máscara e aglomeradas foram orientadas a deixar o local e respeitar o decreto estadual.