O Urbs Móvel já fez 7,8 mil atendimentos desde que entrou em funcionamento, em julho do ano passado. O micro-ônibus percorre os bairros da cidade e oferece à população serviços ligados ao transporte coletivo, como confecção do cartão transporte, desbloqueio, atualização e troca de limite.

A cada semana, o ônibus percorre uma regional da cidade e cada dia está em um local diferente, sempre próximo a pontos de referência e maior fluxo de pessoas, como igrejas, shoppings, supermercados, estações-tubo e farmácias. Nesta semana, a programação é na Regional do Boa Vista. Na semana que vem, no Cajuru.

A ideia é que o usuário possa ser atendido próximo de onde está, sem ter que se deslocar até um posto de atendimento da Urbs para ter acesso ao serviço.

A iniciativa foi uma forma de dar mais comodidade e segurança para o usuário durante a pandemia. Com a unidade móvel, evita-se também a ocorrecência de filas na sede e nos demais pontos de atendimento da Urbs nas Ruas da Cidadania.

“É uma forma de levar o serviço à população, especialmente em um momento em que as pessoas devem evitar se deslocar muito”, disse Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

Desde o início, o micro-ônibus já percorreu 6.923 quilômetros em Curitiba. O serviço só ficou indisponível durante o lockdown de 15 de março a 16 de abril deste ano.

Onde encontrar

A localização do Urbs Móvel é divulgada mensalmente no site Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br). Nesta semana, a programação é na Regional do Boa Vista. Na semana que vem, no Cajuru

O horário do micro-ônibus é o mesmo do atendimento da Urbs – 11h às 17h – nos dias úteis. O ônibus fica estacionado sempre no mesmo endereço durante esse período.

Entre os serviços oferecidos estão 1ª via do cartão transporte usuário, 2ª via, desde que sem custo, troca de limite, solicitação de bloqueio, desbloqueio (extravio ou roubo), desbloqueio por falta de uso, extrato financeiro na tela, carga pendente e atualização. No caso do cartão idoso – pessoas com idade igual ou superior a 65 anos – estão disponíveis a renovação, bloqueio e desbloqueio (em caso de extravio e roubo).

Atualmente mais de 65% das passagens no transporte coletivo são pagas com cartão. O transporte coletivo registra por dia um movimento total de 370 mil passageiros.

São 1,83 milhão de cartões usuário ativos, além do cartão isento dos idosos (170,3  mil) e do isento de pessoas com deficiência (15,4 mil).