15.9 C
Curitiba
sexta-feira, 14 junho 2024

Recuperação da Orla de Matinhos chega a 70% de execução

O Projeto de Recuperação da Orla de Matinhos está 70% concluído. É o que revela o balanço mensal divulgado nesta quarta-feira (1º) pelo Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria estadual do Desenvolvimento Sustentável, em parceria com o Consórcio Sambaqui – o grupo de empresas responsável pela modernização do local após licitação pública.

De acordo com o relatório, três estruturas devem ser finalizadas nos próximos dias. O Espigão da Praia Brava atingiu 90%; e os Headlands do Balneário Flórida 86% e Balneário Riviera 81%. O investimento do Governo do Estado nesta etapa é de R$ 314,9 milhões.

Apontada como a principal intervenção ambiental e urbanística da história do Litoral do Paraná e elogiada por turistas que passaram o verão na região, a nova orla tem previsão de finalização para o segundo semestre de 2024. “É uma intervenção emblemática, que vai mudar definitivamente o patamar do Litoral paranaense. Estamos avançando rapidamente, dentro do cronograma, o que nos dá a garantia de entregar a obra dentro do prazo estipulado”, afirmou o diretor-presidente do IAT, Everton Souza. 

A nova parcial revelou, ainda, que os guias-correntes da Avenida Paraná alcançaram 63% de conclusão e os guias-correntes de Matinhos 24%. Já a urbanização de Caiobá está em 45%; dos balneários em 15%; e os serviços de macrodrenagem em 31%. Segundo o cronograma inicial, as intervenções de microdrenagem estão previstas para começar neste mês de março, com o fim da temporada de verão e diminuição da população flutuante na região.

“Optamos por fazer em um período mais tranquilo na cidade para diminuir os impactos para a população”, explicou o diretor de Saneamento Ambiental do IAT, José Luiz Scroccaro. A intervenção também prevê replantio da área da restinga com vegetação nativa, atualmente em 46%.

ETAPAS – A obra de revitalização da orla de Matinhos é realizada em duas etapas, num valor total de R$ 500 milhões. A fase inicial, com orçamento de R$ 314,9 milhões, abrange serviços de engorda da faixa de areia por meio de aterro hidráulico; estruturas marítimas semirrígidas; canais de macrodrenagem e redes de microdrenagem, e revitalização urbanística da orla marítima com o plantio de espécies nativas.

O projeto é acompanhado de melhorias na pavimentação asfáltica e recuperação de vias urbanas. O objetivo é minimizar os impactos gerados pela combinação do desequilíbrio de sedimentos, ocupações mal planejadas e fenômenos naturais, como chuvas fortes e ressacas que costumeiramente atingem o Litoral. Essa combinação vem destruindo e comprometendo boa parte da infraestrutura urbana, turística e de lazer em Matinhos.

As intervenções serão realizadas ao longo de 6,3 quilômetros entre o Morro do Boi e o Balneário Flórida. Em uma segunda etapa, ainda sem previsão de data, será recuperado o trecho de 1,7 quilômetro entre os balneários Flórida e Saint Etienne. Haverá, ainda, a instalação de novos equipamentos urbanos, como ciclovia, pista de caminhada e corrida, pista de acessibilidade e calçada.

Acompanhe a mais recente atualização do andamento do Projeto de Recuperação da Orla de Matinhos:

Porcentual de execução obra: 70%

Espigão da Praia Brava: 90%

Guias-Correntes da Avenida Paraná: 63%

Guias-Correntes de Matinhos: 24%

Headland Riviera: 81%

Headland Flórida: 86%

Urbanização Caiobá: 45%

Urbanização Balneários: 15%

Plantio de restinga em Caiobá: 46%

Macrodrenagem: 31%

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS