Grupos de atividades físicas, orientação e acompanhamento nutricional, vacinas, consultas, exames, medicamentos. Esses são alguns dos serviços que os curitibanos podem usufruir nas 111 Unidades de Saúde de Curitiba. Mas para ter acesso a tudo isso, além dos atendimentos com médicos, enfermeiros e dentistas, é necessário que cada usuário esteja cadastrado no sistema.

A auxiliar de estoque Eunice de Araújo, 50 anos, conta que não sabia de todos os serviços prestados pela Unidade de Saúde Vila Guaíra quando foi lá tomar a vacina contra a febre amarela. “É muita coisa”, disse, admirada. Ela foi informada pela agente de saúde que a cadastrou na unidade para que recebesse a vacina. “Foi simples. Só precisei apresentar meu RG e um comprovante de residência”, contou.

Vínculo

Nesse cadastro também fica registrado todo o histórico clínico do usuário, no prontuário, que em Curitiba há 20 anos é feito em meio eletrônico.

Todas as consultas, solicitações e resultados de exames, medicamentos utilizados, vacinas podem ser acessadas pelos profissionais de saúde.

“As informações estão disponíveis em qualquer uma das unidades de saúde ou UPAs”, diz coordenador do Departamento de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, Juliano Gevaerd.

Além disso, os cadastros permitem à Secretaria da Saúde dimensionar e organizar os atendimentos. “Eles permitem conhecer o perfil de cada região da cidade, e a partir daí, pensar em ações de gestão para os cuidados e prevenção”, explica Gevaerd.

Cartão SUS

Ao se cadastrar em na Unidade de Saúde, o usuário também é cadastrado no sistema nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), que gera um número de registro para cada usuário, o Cartão SUS.

Ele é oferecido pelo Governo Federal e tem validade para o acesso a serviços em saúde pública em todo o Brasil. Será utilizado em consultas, exames e procedimentos fora da unidade de saúde de referência, como por exemplo, procedimentos cirúrgicos e exames mais complexos.

É possível pedir o número do seu Cartão SUS na unidade de saúde a qualquer momento.

 
Como fazer o cadastro


1.    O primeiro passo é identificar qual é a sua Unidade de Saúde. Em geral é a mais próxima da sua residência. Para isso, basta se informar na unidade mais próxima, pessoalmente ou por telefone.
2.    Outra opção é instalar em seu smartphone ou tablete o Aplicativo Saúde Já e fazer o pré-cadastro. Ao informar o CEP, o software informa qual é sua Unidade de Saúde de referência.
3.    Com o pré-cadastro feito pelo Aplicativo Saúde Já Curitiba, é possível agendar o primeiro atendimento com a enfermagem ou com a Odontologia e ter acesso aos demais serviços do app.
4.    Na sua primeira ida à Unidade de Saúde, os agentes de Saúde irão fazer seu cadastro ou confirmar o pré-cadastro feito via Aplicativo.

Confira os documentos necessários:
•    Documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de habilitação, passaporte).
•    Para crianças, que não possuam documento com fotos, é necessário que os pais apresentem a certidão de nascimento.
•    Comprovante de residência recente, em seu nome (contas de água, luz, internet fixa, telefone fixo, TV a cabo; IPTU, contrato de locação, seguro imobiliário).
•    Caso não tenha comprovante de residência em seu nome, o cadastro será mantido como provisório para que um Agente Comunitário de Saúde (ACS) da unidade programe uma visita ao endereço e faça a confirmação.

Mudança de endereço

Em caso de mudança de endereço, dentro de Curitiba, será necessário atualizar pessoalmente o cadastro para a nova unidade de saúde. Basta ir até a unidade com o comprovante do novo endereço e documento com foto.