20 C
Curitiba
quinta-feira, 23 maio 2024

Saúde de Curitiba convoca crianças e adolescentes de 6 a 17 anos para vacinação contra gripe

Curitiba convoca, a partir desta quarta-feira (24/5), 290 mil crianças e adolescentes de 6 a 17 anos para a vacinação contra a gripe. A vacina contra a influenza estará disponível em 105 unidades de saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h até o horário de fechamento de cada uma, o que pode variar (a maior parte fecha às 19h).

Este era o último grupo que faltava ser chamado – já haviam sido convocados todos com 18 anos ou mais e aqueles entre 6 meses a menores de 6 anos. Com essa convocação, a vacina contra a influenza passa a estar disponível para todos os moradores de Curitiba com 6 meses ou mais, conforme o preconizado pelo Ministério da Saúde.

Orientações

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba orienta que os usuários cheguem com pelo menos 15 minutos de antecedência antes do horário de fechamento da unidade para receber qualquer vacina.

Para se vacinar, além de ser morador de Curitiba, é preciso apresentar documento de identificação com foto.

A SMS solicita à população convocada para que, na medida do possível, evite buscar a vacinação nas unidades mais centrais, cujo movimento é maior, e priorize as demais. Lembra, ainda, que a Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho só vacina para pessoas com 12 anos ou mais. As demais 104 unidades atendem todos os públicos convocados.

“Esse é um momento de as famílias procurarem os postos e todos se imunizarem. A vacina contra a gripe protege contra uma doença que traz muitas complicações, principalmente para as pessoas mais vulneráveis, e pode levar, inclusive, levar a óbito”, diz a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella.

“E podemos evitar isso de uma maneira muito simples. Vacina é vida, é proteção. Quem ama, vacina”, completa.

Até dia 18 de maio, Curitiba aplicou um total de 286.113 doses da vacina contra a gripe, sendo 218.873 no público prioritário, considerado mais vulnerável. A cobertura de vacinação contra a gripe é de 31,3% do público prioritário de 698.578 pessoas.

Vacina contra a gripe

A vacina contra a gripe oferecida pelo SUS é trivalente e protege contra a cepa da influenza B, influenza A H1N1 e influenza A H3N2 (que causou o surto mais recente de gripe no último ano). A vacina é contraindicada para menores de 6 meses e para pessoas que tiveram reação anafilática grave em doses anteriores.

Aplicação de outras vacinas

A vacina contra influenza pode ser administrada junto com outras vacinas do calendário de rotina ou mesmo contra a covid-19. Não há necessidade de intervalo entre elas.

De acordo com Beatriz, a cobertura da vacina contra a covid-19 para crianças de 6 meses a 9 anos está em 40% na capital paranaense; e de 10 a 19 anos em 75%. “Esse é um bom momento de aproveitar e colocar a carteira de vacinação em ordem, já fazer as vacinas pendentes”, diz.

Público convocado para se vacinar contra a gripe

  • Todos com 6 meses ou mais

Público prioritário

  • Pessoas com 60 anos ou mais
  • Crianças com 6 meses a menores de 6 anos
  • Pessoas com comorbidades
  • Gestantes e puérperas (mulheres que passaram por parto há até 45 dias)
  • Pessoas com deficiência permanente
  • Trabalhadores de saúde
  • Profissionais da educação
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores do transporte coletivo
  • Forças armadas, de segurança e salvamento
  • Acamados (aplicação na residência)
  • Indígenas (aplicação pelo Distrito Sanitário Tatuquara e equipes do Consultório na Rua)
  • Moradores e trabalhadores de instituições de longa permanência (aplicação na residência)

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS