Os cuidados com a lenta recuperação de Michael Schumacher custam dezenas de milhões de euros por ano. É o que diz a imprensa britânica, falando de 191.000 euros por semana para um total de 10,2 milhões de euros por ano. Os algarismos são significativos, mas os grandes ganhos acumulados pelos sete vezes campeão mundial de F1 em sua longa e ilustre carreira os tornam sustentáveis para sua família.

MONTEZEMOLO – Recentemente, Luca di Montezemolo, falou sobre as condições de Schumacher que foi vítima de um grave acidente de esqui no dia 30 de dezembro de 2013,  Disse: “O estado de saúde de Michael Schumacher não é bom”.