O Paraná Clube não conseguiu reeditar o mesmo pragmatismo de jogos anteriores. No clássico deste domingo (26), desperdiçou algumas oportunidades de gol – especialmente no primeiro tempo – e acabou sendo derrotado pelo Coritiba, na Vila Capanema. O gol de Thiago Lopes, de falta, no início do 2º tempo, definiu o jogo: 1×0 para o rival.

O jogo foi, na média, equilibrado. O Paraná, logo no começo da partida, teve aquela que seria a sua melhor chance em todo o jogo. Aos 11 minutos, após escanteio, a bola sobrou para Fabrício, que deixou Raphael Alemão “na cara do gol”. O atacante, na saída de Muralha, bateu por cima do travessão. Logo depois, duas trocas por lesão, uma de cada lado.

Kaio, no Paraná, e Thiago Lopes, no Coritiba, entraram nas vagas de Jhony Douglas e Matheus Galdezani, respectivamente. Na sequência, Alisson fez uma grande defesa numa tentativa pelo alto do adversário. O jogo ficou tenso, com alguns cartões amarelos sendo mostrados pelo árbitro José Mendonça da Silva Júnior.

Na etapa final, o cenário mudou a partir dos 9 minutos. O Tricolor reclamou da falta assinalada sobre Robson e que originaria o único gol da partida. Na cobrança, Thiago Lopes acertou um chute forte, indefensável, no canto esquerdo de Alisson. O técnico Allan Aal tentou aumentar o poder de fogo do seu time, com as entradas de Rodrigo Rodrigues e Marcelo.

Porém, ansioso, o Paraná errava muitos passes e não conseguia chegar na meta do Coritiba. Para piorar, aos 32 minutos, Bruno recebeu o segundo amarelo e acabou expulso. O Tricolor lutou até o fim, mas não conseguiu criar uma grande chance para ao menos empatar o jogo. Na próxima quinta, o jogo será mais uma vez em casa, diante do FC Cascavel, às 19h30.