14.8 C
Curitiba
segunda-feira, 20 maio 2024

Aproveite os últimos dias para visitar as Feiras de Inverno no Centro de Curitiba

As temperaturas baixas e o sol brilhando são um convite para aproveitar os últimos dias das Feiras Especiais de Inverno, nas praças Osório e Santos Andrade. Elas seguem até este sábado (15/7). De quentão a cachecol, o que não faltam são opções para se esquentar.

Friozinho pede quentão

O frio chegou com toda a força e junto com ele o apetite pela bebida queridinha da estação: o quentão. Na Osório, o movimento nas barraquinhas com a bebida é ótimo. Para os trabalhadores da barraquinha da Creche Comunitária Jardim Acrópole as expectativas para os últimos dias são muito boas.

Claudio Naves de Sousa é aposentado e todo ano se voluntaria para trabalhar na feirinha. “Eu gosto de trabalhar aqui porque as pessoas são muito simpáticas, é gratificante poder participar”. Ele comenta que o pessoal adora o quentão deles, principalmente na saída do trabalho à tarde.

Já Neusa de Melo Mikos estava apreciando a iguaria pela manhã. “Eu venho todo ano, sem falta, na Osório beber quentão e comer pamonha, aqui o quentão é mais gostoso”, ela comenta. Além das delícias, o passeio de Neusa pela Feira rendeu um conjuntinho de tricô novo para sua neta.

Mas além do quentão, a venda de artesanatos também está bombando. Este ano é a estreia da artesã Andreia Badzinki Tomio na Feira da Osório. Ela trabalha aos domingos na Feira do Bacacheri vendendo toucas e laços, e gostou muito da nova experiência.

Andreia comenta ter vendido mais do que o esperado e que ainda está produzindo para os últimos dias. “A Feira está quase acabando e eu ainda estou confeccionando novas peças, essa esfriada animou e a saída das toucas está sendo ótima”.

Público eclético

Amada por muitos curitibanos, a Feirinha da Osório também é muito frequentada por turistas, como a família Carneiro que veio de Itu, no interior de São Paulo, para conhecer melhor a capital paranaense. A mãe, Priscila Carneiro, estava muito feliz e elogiou: “A Feira é muito bacana, gostei que é bastante diversificada nas opções de comida e de artesanato e já estou de olho em lembrancinhas para levar para minha mãe em São Paulo”. 

A artesã Nilcema Ratim é testemunha do sucesso da Feira entre os turistas. Ela confecciona e vende camisetas, doces e outros objetos temáticos de Curitiba na Osório e na Feira do Largo da Ordem. “Curitiba entrou no roteiro de turismo e pra gente isso é ótimo, ontem eu vendi para australianos e argentinos, eles adoram!”

Nilcema também vende seus produtos criativos, como as “caquinhas de capivara”, que são doces de chocolate, para curitibanos que estão indo viajar e buscam presentes para levar.

Programe-se

Na Feira de Inverno da Osório o visitante encontra opções de artesanato variadas, como peças de lã, tricô, madeira e muito mais, além de quentão, pinhão e gastronomia de diversas etnias. 

A Feira de Inverno da Osório pode ser visitada de segunda a sábado, das 10h às 21h, e aos domingos, das 14h às 20h. A feira da Praça Santos Andrade funciona de segunda a sábado, das 10h às 20h, e aos domingos, das 12h às 18h30. Lembrando que é só até sábado!

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS