14.8 C
Curitiba
segunda-feira, 20 maio 2024

Biblioteca Pública desenvolve projeto de leitura por telefone para idosos em asilos

A fim de fortalecer ainda mais as atividades promovidas pela Seção Braille, este ano a Biblioteca Pública do Paraná desenvolve um projeto que levará leitura para idosos em casas de repouso e por telefone, com o objetivo de ampliar e levar os seus serviços de acessibilidade para mais usuários, previsto para iniciar em março. Ele atenderá idosos com e sem deficiência visual.

“Este é um movimento no qual a Biblioteca vai até a pessoa, levando não só leitura, mas também uma boa conversa sobre o universo dos livros. Na BPP, temos em mente que não há evolução sem doação”, diz Maria Lucia Catafesta, agente do Setor Braille da Biblioteca.

O setor especializado em Braille e inclusão existe há 54 anos, com mais de 30 mil títulos, entre livros, audiolivros, e-books, revistas, boletins e folhetos em versão adaptada, sendo um dos espaços mais antigos e amplos do País.

É um espaço aberto à prestação de serviços culturais e educacionais que visa o desenvolvimento e a formação das pessoas com deficiência visual por meio do atendimento e orientação aos usuários e no acesso à informação e à leitura por meios especializados, como o livro falado, o livro digitalizado e o livro em Sistema Braille.

Entre os serviços oferecidos, também estão o empréstimo de bengalas para auxiliar idosos ou deficientes motores nos deslocamentos, as sessões de cinema por agendamento, os óculos Orcan, que “traduzem” automaticamente à pessoa cega a comunicação que não está em Braille, entre outros.

O diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Luiz Felipe Leprevost, destaca o direcionamento e o acolhimento da comunidade de modo geral no ambiente da BPP. “Essa interação na Seção Braille se tornou rica e profícua, importante para Curitiba, para o Paraná e, inclusive, para o Brasil”, diz. “Considero o trabalho realizado neste setor algo grandioso, resultado da dedicação diária da nossa equipe, formada por pessoas competentes e generosas, com profundo conhecimento da área. A Seção realmente promove a inclusão e a acessibilidade”.

A chefe da Divisão de Coleções Especiais da BPP, Lidiamara Gross, ressalta que os serviços que a Biblioteca oferece são fundamentais para garantir o acesso igualitário à informação e à cultura. “Ao oferecer livros, periódicos e outros recursos em Braille, a Biblioteca não apenas amplia sua coleção, mas também fortalece sua missão de ser um espaço democrático e inclusivo. Isso permite que os indivíduos com deficiência visual explorem, aprendam e se envolvam com o mundo literário e acadêmico”, afirma.

Conheça os serviços disponibilizados pelo setor:

Livro Falado

São livros gravados em áudio em formato CD. Parte deste trabalho é realizado por voluntários, que corrigem textos previamente escaneados, na própria seção. Direcionados ao público adulto e infantil.

Livro Digitalizado

Processo em que o livro físico é digitalizado para audição por meios informatizados. Esse modelo possibilita também a impressão em fontes de tamanhos diversos, de acordo com a necessidade. Direcionados ao público adulto e infantil.

Livro em Braille

Livros impressos no Sistema Braille em que o leitor lê com o auxílio das pontas dos dedos.

Livros Infantis em Braille

O acervo da BPP também contém livros infantojuvenis impressos no Sistema Braille. A maioria dos exemplares é confeccionada artesanalmente e possui ilustrações em relevo, permitindo que as crianças sintam as diferentes texturas dos materiais empregados.

Recursos e serviços

Além dos vários formatos de livros, a Seção disponibiliza outros recursos para ajudar o portador de deficiência visual. São eles: periódicos (revistas, boletins e folhetos), tocadores de mp3 e fones de ouvido, equipamentos de som, CDs, jogos adaptados, equipamentos para escrita e cálculo, máquinas de datilografia Braille, regletes, punções, sorobãs, equipamentos para ampliação de imagens e de textos, computadores com sintetizadores de voz que possibilitam a audição do que está escrito na tela, além do óculos Orcan.

Empréstimo

Para fazer empréstimo do acervo, a pessoa deve se inscrever de acordo com as “Normas para inscrição de leitor e empréstimo de livros” na Seção de Circulação. O leitor precisa estar cadastrado na Biblioteca Pública do Paraná, solicitado na Seção Braille. Residentes em outros municípios do Paraná devem efetuar a solicitação por meio da biblioteca municipal local, que solicitará os serviços da Redeceg (Serviço de apoio a outras bibliotecas).

Visitas Orientadas

A Seção Braille recebe visitas de grupos para apresentação do espaço físico e dos serviços prestados. De acordo com a faixa etária, essas visitas devem ser previamente agendadas na Seção Infantil.

Horário de atendimento: 

Segunda a sexta, das 8h30 às 19h; aos sábados, das 8h30 às 12h30

Telefone: (41) 3221-4985

E-mail: braillebpp@bpp.pr.gov.br 

Biblioteca Pública do Paraná – Cândido Lopes, 133 – Centro – Curitiba – PR

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS