TV Escola Curitiba, que entrou no ar em abril de 2020 pela tevê aberta e YouTube, completa um ano de existência com 38,2 milhões de visualizações no canal próprio e 147 mil inscritos.

Com o objetivo de garantir o acesso ao ensino durante a pandemia da covid-19, pelo formato remoto, as videoaulas são produzidas pelas equipes da Educação Infantil e do ensino Fundamental da Secretaria Municipal da Educação.

O conteúdo faz parte do currículo da rede municipal de ensino de Curitiba.

O conteúdo ministrado por professores da rede municipal foi desenvolvido para a pré-escola, estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e os da Educação para Jovens e Adultos (EJA) fase I.

Para estudantes do 6º ao 9º ano do Fundamental, o material do currículo regular é produzido e disponibilizado pelo Governo do Estado do Paraná (Aula Paraná, nos canais 7.2, 7.3 e 7.4). Já o material exclusivo da TV Escola Curitiba para esse público está o YouTube e na Evangelizar.

“A equipe técnica da secretaria prepara as videoaulas com ações do currículo adaptado, para que crianças e estudantes tenham acesso a todo o conhecimento do currículo neste período de isolamento. O material fica permanentemente disponível a todos”, explica a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

A secretária destaca que, a cada 15 dias, as escolas entregam às famílias atividades complementares, com base no conteúdo das videoaulas.

O estudante Giovanni Felipe de Lima Ribas Cabral, 9 anos, do 5º ano da Escola Municipal Padre José de Anchieta, conheceu os estúdios na TV Escola nesta sexta-feira (23/4), na sede da Secretaria Municipal da Educação, no Alto da Glória. “Eu estava curioso, achei muito legal”, contou.

Acompanhado da avó, Marisa Ribas, que é professora aposentada da Prefeitura, ele foi recebido pela secretária.

“Minha aula preferida é a de Ciências”, disse Giovanni.

Cadernos de Transição

Este ano,  os profissionais da rede municipal de ensino de Curitiba contarão com os Cadernos Pedagógicos de Unidades Curriculares de Transição, elaborados pelas equipes técnicas da Secretaria Municipal da Educação, com base na produção do ano letivo de 2020.

O material, feito pelo Departamento de Ensino Fundamental, está disponível no site da Educação.

“Mapeamos a aprendizagem das crianças ao longo de 2020 e elaboramos um grande material para 2021, fruto de um trabalho minucioso. São 22 volumes de todas as áreas do conhecimento do Ensino Fundamental”, explica a secretária.

Os cadernos subsidiam o trabalho do professor. E cada um trabalha os conteúdos conforme a necessidade de seus estudantes.

Inclusão

Todos os sábados, estudantes em inclusão da rede municipal de Curitiba têm acesso a conteúdos com adaptação pedagógica na TV Escola Curitiba.

As adaptações são feitas com base nas videoaulas da semana, para que atendam às necessidades dos estudantes que têm maior dificuldade de acompanhar e realizar as atividades propostas.

As aulas da rede pública municipal seguem no formato exclusivamente remoto por tempo indeterminado. A retomada das aulas presenciais depende das avaliações das autoridades de saúde.

Grade semanal para 2021 na rede municipal:

Segunda-feira: Língua Portuguesa, Matemática e Educação Física
Terça-feira: História, Arte, Direitos Humanos e Família ou Linhas do Conhecimento
Quarta-feira: Ensino Religioso, Geografia, Práticas da Educação Integral
Quinta-feira: Língua Portuguesa, Ciências, Educação Física
Sexta-feira: Matemática, Língua Portuguesa, Robótica
Sábado: Matemática (Adequação Pedagógica), Língua Portuguesa (Adequação Pedagógica) e Literatura