18.4 C
Curitiba
sexta-feira, 12 abril 2024

Com o Vale do Pinhão, Curitiba é finalista em prêmio no outro lado do mundo

Curitiba e seu ecossistema de inovação, o Vale do Pinhão, acumulam reconhecimentos internacionais de smart city (cidade inteligente) que chegam ao outro lado do mundo: em agosto, a capital paranaense foi escolhida como uma das finalistas do Seoul Smart City Prize, promovido pelo governo metropolitano de Seul, na Coreia do Sul.

“Assim como Curitiba é referência de cidade inteligente no Ocidente, a capital da Coreia do Sul é referência no Oriente. Em comum, são duas cidades que se destacam por inovações em mobilidade urbana e que têm se preocupado em ter a tecnologia aplicada para a melhoria da vida das pessoas. É um orgulho saber que as iniciativas do nosso Vale do Pinhão estão sendo cada vez mais conhecidas pelo mundo todo”, celebrou o prefeito Rafael Greca.

A premiação foi criada este ano pelo Governo Metropolitano de Seul e pela fundação World Smart Sustainable Cities Organization (WeGO), que promove iniciativas de cidades inteligentes pelo mundo.

Curitiba foi escolhida para a final da categoria Cidade Centrada nas Pessoas (Human-CentriCity), com o case Vale do Pinhão e concorre como outras 16 iniciativas. Duas delas, de cidades brasileiras (São Paulo/SP e Belo Horizonte/MG).

A premiação da cidade vencedora será em 25 de setembro em Seul, durante o World Cities Summit Mayors Forum 2023, encontro de prefeitos organizado pelo governo da capital sul-coreana.

Vale do Pinhão

Criado em 2017 pela gestão do prefeito Rafael Greca na Prefeitura de Curitiba, o Vale do Pinhão integrou os atores da inovação na cidade, investindo e ações e programas que promovem o desenvolvimento e o crescimento de empresas de base tecnológica e de soluções inovadoras, por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

“O Vale do Pinhão é este movimento fértil e dinâmico que atua para tornar Curitiba referência de smart city. O incentivo da Prefeitura ao protagonismo desse ecossistema, com políticas públicas, diálogo e maior eficiência, promove o desenvolvimento de todos os atores da rede e a cidade toda ganha”, destaca o presidente da Agência Curitiba, Dario Paixão.

Esta não é a primeira vez que o Vale do Pinhão é destaque em premiações internacionais. O ecossistema de inovação curitibano foi finalista do World Smart City Awards 2019; dois anos depois, venceu o prêmio Latam Smart City Awards 2021, considerado o mais importante da América Latina voltado a iniciativas de cidades inteligentes.

Com o fomento do ambiente de negócios de empresas de base tecnológica, o Vale do Pinhão também impulsionou Curitiba a se tornar a 2ª melhor cidade do Brasil para startups, pelo Startup Ecosystem Index Report 2023, e 2º ecossistema emergente mais promissor para startups na América Latina, pelo ranking Global Startup Ecosystem Report 2023.

Pelo 3º ano consecutivo, Curitiba é uma das sete comunidades mais inteligentes do mundo, segundo o Intelligent Community Forum (ICF – Fórum de Comunidades Inteligentes)

O Seoul Smart City Prize

Seoul Smart City Prize incentiva a inovação urbana voltada à sustentabilidade, tecnologias digitais e inclusão social. Em sua primeira edição, contou com 240 projetos inscritos de cidades em 47 países.

Os finalistas nas três categorias (Cidade Centrada nas Pessoas, Inovação Tecnologia e Liderança) foram escolhidos por um comitê de especialistas em Energia, Economia Digital, Gestão de Desastres e Desenvolvimento Urbano.

O secretário-geral WeGO, Park Jung-sook, destaca que o prêmio visa minimizar a lacuna de desenvolvimento de smart cities entre as cidades.

“A WeGO e o governo metropolitano de Seul pretendem estabelecer o prêmio como plataforma global que pode inspirar políticas de smart cities existentes pelo mundo”, disse Park.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS