O Coritiba recebeu o Juventude no Couto Pereira, neste domingo (10), pela 16ª rodada do Brasileirão. A equipe visitante abriu 2 a 0 na primeira etapa, mas o Coritiba voltou com força no segundo tempo e empatou a partida, somando mais um ponto no Brasileirão. O artilheiro, Léo Gamalho, e o argentino Adrián Martínez marcaram para o Coxa na segunda etapa.

O próximo compromisso do Coritiba no Brasileirão é diante do Flamengo, no sábado (16), às 19h, em Brasília.

O jogo

Para a partida, o técnico Gustavo Morínigo escalou o Coxa com: Rafael William, Matheus Alexandre (Natanael), Henrique, Luciano Castán, Guilherme Biro (Egídio), Willian Farias, Matias Galarza (Régis), Fabrício Daniel (Adrián Martínez), Igor Paixão, Alef Manga (José Hugo), Léo Gamalho.

Na primeira etapa, a equipe adversária abriu o placar com 5 minutos de partida. O Coxa buscava as jogadas trabalhadas pelas laterais, mas o contra-ataque do visitante era veloz e logo o Juventude ampliou o marcador com o segundo gol.

O Coritiba teve boas oportunidades, principalmente com Igor Paixão. Aos 39’, Fabrício Daniel e Léo Gamalho trocaram passes perto da área, e o camisa 9 ajeitou a bola para Paixão. O camisa 98 finalizou com força, mas a bola explodiu na trave.

Na volta do intervalo, o técnico Gustavo Morínigo promoveu três substituições no meio campo e nas laterais do Coxa.  Guilherme Biro, Fabrício Daniel e Matheus Alexandre deram espaço para Egídio, Adrián Matínez e Natanael, na segunda etapa.

O Coxa voltou diferente e pressionando! Aos 07 minutos, o artilheiro Léo Gamalho recebeu belíssima assistência de Igor Paixão e mandou para o fundo da rede, fazendo a torcida levantar no Couto Pereira.

Com jogadas rápidas, o Coritiba chegava com perigo à área do Juventude, que se defendia como podia para evitar as investidas do Coxa. Controlando o jogo, o Verdão pressionava e finalizava com velocidade na meta adversária.

O empate saiu com Adrián Martínez. O argentino recebeu passe de Igor Paixão e balançou as redes aos 32’. A torcida inflamou e o Coritiba continuava em busca da virada, e ela quase veio aos 43 minutos, com o camisa 52! Martínez estava bem posicionado na área do Juventude e bateu para o gol, a bola passou pertinho da trave e foi para fora.