Alviverde sai na frente com Kléber, mas cede a virada para o Santos no último minuto

O Coritiba entrou em campo na manhã deste domingo (22), na Vila Belmiro, contra o Santos, no Brasileirão. No primeiro tempo, o Verdão jogou bem e marcou com Kléber, mas sofreu o empate e a virada na etapa complementar com descuidos.

Após o apito final, o time alviverde lamentou as chances desperdiçadas e a desatenção que resultaram na derrota.

Kléber coloca o Coxa na frente

Em busca de sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro, o Coritiba foi ao litoral paulista enfrentar seu primeiro desafio fora de casa. Contra o Santos, o Coxa buscava seus três pontos ciente de que seria um jogo muito difícil. O Peixe entrava em campo invicto por 28 rodadas na Vila Belmiro. Além disso, o time comandado pelo treinador Dorival Junior contava com a escalação de dois atletas que servem a Seleção Brasileira.

Sem pensar nesses detalhes, o Verdão foi a campo com a entrada de Leandro no lugar de Vinícius, que levou uma pancada nas costas e ficou de fora da partida. O treinador alviverde Gilson Kleina escalou o Coxa com: Wilson, Dodô, Rafael Marques, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Alan Santos, Ruy, Gonzalez, Leandro e Kleber.

Quando o árbitro apitou pela primeira vez, as duas equipes passaram a se analisar em campo. O time da casa tentava avançar, mas o Coritiba marcava bem e não permitia as jogadas ofensivas.

Juninho e Rafael Marques foram acionados em jogadas de bola perigosas, mas com tranquilidade, afastaram o perigo da meta de Wilson. Somente aos 18’, veio a primeira chance de gol do Santos, com Vitor Bueno cobrando falta e Wilson fazendo boa defesa.

Aí, no minuto seguinte veio o gol alviverde. O prata da casa Dodô inspirado fez um belo passe para Leandro, que invadiu a área e cruzou rasteiro para o artilheiro do Coritiba marcar o dele e deixar o Verdão à frente do placar.

O Santos sentiu o gol e o Coxa continuou indo para cima sem parecer visitante e ia tomando conta do jogo. Aos 24’, Leandro se jogou para tentar fazer o dele, mas passou da bola por muito pouco. O Peixe chegou a balançar as redes na sequência, mas o árbitro assinalou o impedimento.

Leandro queria o dele. Aos 28’, inacreditavelmente, ele recebeu de Gonzalez e ficou cara a cara com o goleiro (ex-Coritiba) Vanderlei. Ele tentou fazer o balão, mas a bola bateu no travessão e foi para fora.

Quando o relógio marcava 38’, o Santos balançou novamente as redes do Coxa, mas de novo de maneira irregular. E o Coxa foi administrando o placar até o fim da primeira etapa.

Coxa se descuida e sofre a virada

No segundo tempo, o Coxa voltou sem nenhuma alteração na equipe e também na vontade de ficar com os três pontos. Já o Santos trocou Lucas Lima por Paulinho. Assim como na primeira etapa, o jogo recomeçou com as duas equipes se analisando. Até os dez minutos do tempo complementar, nenhuma chance clara de gol para nenhum dos lados.

Com mais posse de bola, o Coxa administrava o jogo tentando fechar os espaços do Santos. Aos 13 minutos, Joel tentou marcar para o Peixe, mas estava novamente impedido. Enquanto isso, os torcedores do Coritiba iam empurrando o time na Vila Belmiro.

O time de casa começou a pressionar e o Verdão tentava se segurar. Aos 16’, Vitor Bueno marcou o gol de empate em cobrança de falta frontal. Depois do gol, Kleina promoveu a entrada de Thiago Lopes no lugar de Ruy.

Com o gol, o Santos foi para cima pressionando e o Coxa precisava se reinventar. Com 25’, as duas equipes erraram os passes no meio de campo e Gabriel assustou o Coxa, mas sem sucesso.

Depois da parada técnica para reidratação, mais uma mudança no Coxa, a entrada de Ícaro no lugar de Alan Santos. Depois teve a entrada de Guilherme Parede no lugar do artilheiro Kléber.

Aos 37’, o Santos teve boa chance, mas a zaga coxa-branca afastou o perigo. O Coxa respondeu, com ligação direta defesa com ataque, mas Guilherme Parede não conseguiu dominar a bola. O Verdão não conseguia boas chances de voltar à frente no placar. Por outro lado, o Santos insistia no ataque. Aos 49’, Ronaldo Mendes mandou para fora. No último minuto, o castigo do Verdão. Renato achou uma bola e mandou para as redes.

Fonte: Site Oficial do Coritiba