18.2 C
Curitiba
sábado, 18 maio 2024

Curitiba alcança o número de 200 mil MEIs e Greca faz homenagem à microempreendedora

O prefeito Rafael Greca entregou nesta quarta-feira (22/3) um certificado e uma placa à microempreendedora de número 200 mil formalizada na cidade, Suellen Souza, 24 anos. A cerimônia aconteceu no espaço Smart Plaza Vale do Pinhão, palco das inovações no Smart City Expo Curitiba

“Como MEI ela já ganha muito mais do que ganhava como CLT. Ela é uma microempreendedora individual que inventou seu próprio emprego, um exemplo para Curitiba e para o Brasil”, declara Greca.

“Ser formalizada fez a diferença, pois posso emitir nota fiscal e, assim, consegui fechar contratos com empresas que não fariam se eu fosse apenas uma vendedora de doces” conta a confeiteira Suellen Souza.

O evento contou com a presença da presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi; do diretor superintendente do Sebrae/Pr, Vitor Roberto Tioqueta; e da coordenadora dos Espaços Empreendedor, Letícia Justus.

Ecossistema de incentivo

O Vale do Pinhão, por meio da Prefeitura de Curitiba e a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, têm diversos programas para o desenvolvimento do microempreendedor, como o Programa Bom Negócio, que oferta sete módulos diferentes de cursos gratuitos para a capacitação do empreendedor; o Programa Empreendedora Curitibana, que fomenta o empreendedorismo feminino; e o Curitiba Empreendedora, com seus nove Espaços Empreendedor, que oferta informações, mentorias, consultorias e serviços para os microempreendedores individuais. 

O número expressivo, alcançado no final de fevereiro, é reflexo dessas estratégias de incentivo ao empreendedorismo por meio do Vale do Pinhão. 

Quem é a MEI 200 mil

A microempreendedora individual Suellen Souza, 24 anos, é proprietária da Sou + Doce. Durante a pandemia, a moradora da CIC descobriu na confeitaria uma nova paixão e, também, uma oportunidade de negócio. 

Ao produzir um bolo de aniversário para a sobrinha, percebeu seu dom para a cozinha e decidiu, então, pesquisar mais sobre o assunto. Depois de fazer alguns cursos, iniciou a venda de doces para conhecidos do bairro. 

Em 2023, renunciou ao trabalho de carteira assinada para se dedicar totalmente à gastronomia. “Quando eu pedi demissão, já dei entrada no meu MEI. Eu sabia tirar o MEI online, mas tinha muitas dúvidas. Por isso, marquei horário pelo site e fui presencialmente no espaço da Rua da Cidadania do Tatuquara. Lá eles esclareceram várias dúvidas, me deram o passo a passo e foi bem simples”, disse a empreendedora.

A Sou + Doce vende por delivery, Instagram e Ifood, bolos de aniversário, brownies e os chamados “copos da felicidade”. Atualmente, está na fase de produção para a Páscoa, época do ano em que há o maior número de pedidos, segundo a proprietária. 

Espaço Empreendedor

O Espaço Empreendedor é uma iniciativa do programa Curitiba Empreendedora e está presente em diferentes ruas da cidadania da cidade. No local é possível obter todas as orientações sobre como formalizar um negócio, fornecer capacitações para gerir o empreendimento e atuar como suporte para empreendedores.

Entre os serviços fornecidos pelo Espaço Empreendedor estão: orientação e formalização; consultorias Individuais; cursos de capacitação empresarial e acesso ao crédito.

Desde 2017 passaram pelos Espaços Empreendedor mais de 94 mil pessoas, onde foram realizados 912 mil atendimentos, desde orientação, abertura de empresa, declaração do Simples Nacional, parcelamentos, consultoria, capacitações, entre outros.

O setor que mais se destaca nos atendimentos é o de serviços, com 75,8%, seguido de comércio, com 20,8%, e indústria com 2,9%. Para desfrutar dos serviços, basta entrar em contato com o Espaço Empreendedor escolhido e agendar um horário.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS